Acordo de aquisição da Bithumb pode ter 'subido no telhado', segundo informações não confirmadas

É provável que investidores estrangeiros se envolvam na compra da exchange cripto sul-coreana Bithumb devido a supostas dificuldades com os pagamentos em seu acordo existente de aquisição.

Como o Cointelegrap informou anteriormente, o BK Global Consortium, empresa liderada por um dos principais cirurgiões plásticos da Coreia do Sul, fechou um acordo em outubro de 2018 para adquirir 50% mais uma ação da BTC Holding Co. - tornado-se assim o maior investidor na operadora da Bithumb - por 400 bilhões de won (US$ 352 milhões).

Contudo, uma nova reportagem da agência de notícias local Yonhap em 30 de setembro sugere que o BK Global agora deve deixar de honrar os pagamentos do acordo, que tem dificuldades até com o adiantamento inicial de US$ 100 milhões.

Os negócios continuarão normalmente, com acordo ou não, diz Bithumb

Segundo a reportagem, quando o prazo de aquisição se aproximava em abril, o BK Global optou por aumentar sua participação na BTC Holding para 70% em vez de pagar seu saldo pendente.

Até hoje, o pagamento foi adiado, aumentando ainda mais as suspeitas sobre se a empresa realmente dispõe de tais fundos.

O BK Global planejou realizar uma oferta de token para arrecadar o capital necessário para a aquisição, mas supostamente descartou o plano devido à desaceleração do mercado de criptomoedas.

De acordo com a reportagem, representantes oficiais da Bithumb salientaram que quaisquer dificuldades ostensivas com o negócio não afetarão os acionistas, uma vez que a exchange continua operando de maneira estável. Eles enfatizaram que os negócios continuarão normalmente, mesmo se o acordo de aquisição não for cumprido.

Isso despertou o interesse de investidores chineses e americanos

Com dúvidas em relação à viabilidade do negócio existente, investidores chineses e americanos não revelados estão agora considerando adquirir a Bithumb, afirma a reportagem.

Se o BK Global dnão cumprir com os pagamentos e encerrar o negócio, acredita-se que exista uma grande possibilidade de que haja uma disputa legal sobre os adiantamentos de US$ 100 milhões.

Atualmente, a Bithumb é a 43ª maior exchange do mundo em volume diário negociado, de acordo com o CoinMarketCap.

Neste verão, a exchange anunciou a formação de um novo comitê que determinará quais criptomoedas são elegíveis para negociação em sua plataforma.