A Tesco, maior loja do Reino Unido, bomba o Bitcoin com golpe de Twitter de 'Bill Gates'

A maior rede de supermercados do Reino Unido passou por uma situação embaraçosa nesta semana, após hackers assumirem o controle de sua conta no Twitter para promover um golpe usando Bitcoin (BTC). A notícia veio à tona pela revista de TI Bleeping Computer em 25 de junho.

A Tesco, que tem quase 550 mil seguidores no Twitter, perdeu o controle de sua conta e começou a afirmar que daria Bitcoin gratuito em troca de investimentos.

Os hackers pareciam ter uma queda pelo fundador da Microsoft, Bill Gates, já que usavam seu avatar e mudaram o controle da Tesco para "Billgatesmsc".

“O Bitcoin está em ascensão novamente! Um dia, sem dúvida, ele vai substituir as moedas fiduciárias”, dizia um tuíte excluído em um estilo que imitava muito os golpes anteriores envolvendo o Ethereum (ETH) que permearam o Twitter no ano passado.

“Eu gostaria de retribuir à comunidade, portanto, qualquer bitcoin que você enviar para esse endereço, eu enviarei de volta em dobro! Deixe seu endereço BTC no comentário abaixo quando terminar.”

O endereço que os hackers forneceiam nunca recebeu fundos. A Tesco posteriormente recuperou o acesso a sua conta, excluindo todos os vestígios do episódio.

Ainda não se sabe como os hackers conseguiram assumir o ocntrole da conta.

O timing pareceu deliberado; Como o Cointelegraph segue relatando, o Bitcoin está sendo negociado atualmente no seu ponto mais alto desde o final de seu mercado de touro recorde em dezembro de 2017.

A criptomoeda retornou amplamente à consciência pública, graças principalmente à maior cobertura da mídia.

“Faz cerca de um mês desde que essa nova leva de golpistas voltou com tudo. A última vez foi de agosto a dezembro de 2017”, escreveu o educador e autor de “Mastering Bitcoin”, Andreas Antonopoulos, na semana passada sobre a crescente prevalência de golpistas neste ano.

"A queda no preço na cripto fez com que desaparecessem, agora eles estão de volta."

Golpes como o da Tesco, entretanto, continuam a aparecer fora da indústria de cripto, com o governo da Suécia sendo outra vítima recente. Em abril, os atacantes conseguiram tuitar com sucesso que o país havia mudado sua moeda oficial para o Bitcoin.

Em uma entrevista mais tarde, a pessoa responsável disse à agência de notícias local Trijo que as tendências políticas pessoais foram sua motivação para comprometer a página do Twitter dos social-democratas.

"Eu simplesmente acho que socialismo é errado", disse ele.