Autoridade financeira do Reino Unido cria aliança global para colaboração de inovação fintech

A Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido (FCA, na sigla em inglês) anunciou a criação de uma iniciativa global para melhorar a colaboração em inovações fintech — como o blockchain — entre reguladores e empresas, de acordo com um comunicado de imprensa oficial de 7 de agosto.

A FCA afirma que a nova aliança, a Global Financial Innovation Network (GFIN), trabalhará em colaboração com 11 autoridades financeiras e organizações relacionadas para ajudar as empresas de fintech a interagir mais facilmente com os reguladores de diferentes países.

De acordo com o comunicado de imprensa, a GFIN pretende consultar tópicos como o crescimento de tecnologias como a de livro-razão distribuído e inteligência artificial (IA), bem como a regulamentação de títulos e ofertas iniciais de moeda (ICO), entre outros.

Christopher Woolard, membro da diretoria da FCA e diretor executivo de Estratégia e Concorrência, disse no comunicado de imprensa que a criação da GFIN ajudará as organizações a "aproveitar os benefícios da inovação nos serviços financeiros para os consumidores, enquanto gerenciam os danos potenciais".

A nova aliança faz parte da futura implementação e desenvolvimento do progresso bem-sucedido da caixa de proteção regulamentar de fintech global da FCA que foi lançada no início deste ano.

Um relatório de julho conduzido pelo Big Innovation Center, pela DAG Global e pela Deep Knowledge Analytics declarou que o Reino Unido estava pronto para se tornar líder em tecnologia blockchain e economia cripto em 2022.