Reino Unido: Coinbase, CEX.IO e outras grandes empresas cripto criam primeiro órgão autorregulador de negócios

Sete das maiores empresas de criptomoedas do mundo juntaram forças para formar o CryptoUK, uma das primeiras associações comerciais deste tipo, cujo objetivo é autorregular a indústria de criptomoeda no Reino Unido, informou o The Telegraph na terça-feira, 13 de fevereiro.

O CryptoUK é composto pelas plataformas e serviços globais de negociação de criptomoeda Coinbase, eToro, CryptoCompareCEX.IOBlockExCoinShares e CommerceBlock, conforme observado no site oficial da organização.

Zeeshan Feroz, CEO da Coinbase UK, comentou: "Os fundadores estão envolvidos com o governo como uma única indústria. A regulamentação é iminente e isso é bom".

O CryptoUK pretende trabalhar com o governo do Reino Unido para seguir um código de conduta que ajudará a prevenir a lavagem de dinheiro e outras atividades ilegais envolvendo o Bitcoin e outras criptomoedas, além de proteger melhor os clientes. No entanto, o grupo não tratará de regular as Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs), uma área da indústria da criptomoeda que recebeu críticas de organismos reguladores ao redor do mundo.

O presidente do CryptoUK e diretor-gerente da eToro, Iqbal Gandham, afirmou que o novo órgão de autorregulação tem como objetivo "promover melhores práticas e trabalhar com o governo e os reguladores", acrescentando que a empresa pode se tornar "o modelo para o que futuro quadro regulatório pode vir a ser".

Na semana passada, o chefe da Comissão de Negociação de Contratos Futuros de Commodities dos EUA, Brian Quintenz, sugeriu que a comunidade de criptomoeda deveria criar seu próprio sistema regulatório ou organização de autorregulação (SRO) para evitar uma "mão mais pesada do governo".