O Twitter reage ao medo dos criptos surgindo no WEF em Davos

Enquanto as criptomoedas já foram discutidas em conferências anteriores do Fórum Econômico Mundial, elas teem sido um tema bem popular em Davos neste ano.

Após um ano importante para o Bitcoin onde este chegou a $20,000, ao lado do crescimento maciço de outras altcoins, não é surpreendente que um dos principais tópicos de discussão no WEF seja o futuro das criptomoedas.

Com os líderes da indústria financeira se juntando no evento anual mais importante no calendário econômico, os meios de comunicação aproveitaram a chance de pedir às principais mentes suas opiniões e perspectivas atuais e futuras das moedas virtuais.

O Cointelegraph está atualmente em Davos e relatou percepções resistentes e contínuas para com as criptomoedas.

Esses pontos de vista decorrem da falta de um quadro regulamentar para as moedas virtuais, que fez com que algumas das principais instituições bancárias e financeiras do mundo hesitassem em investir e apoiar as criptomoedas.

O presidente da UBS, Axel Weber, disse em uma entrevista para a Bloomberg, que sua empresa não recomendaria a adoção de criptomoedas ou o investimento para seus clientes até que haja clareza sobre futuras ações regulatórias.

Como de costume, a comunidade de criptomoedas tem observado os desenvolvimentos em Davos de perto, e houveram séries de reações em resposta a qualquer FUD ou comentários adversos sobre as criptomoedas.

Twitter bate forte nos FUDs vindos de Davos

O parceiro da Full Tilt Capital, Anthony Pompliano, mostrou-se sereno em sua análise do sentimento prevalecente flutuando em Davos em direção ao Bitcoin.

O antigo gerente de produtos e crescimento do Facebook sugeriu que as declarações feitas pelo economista Joseph Stiglitz que o Bitcoin ainda era usado para fins sombrios na verdade teve o efeito oposto de expulsar as pessoas da adoção de criptomoedas.

Joseph Stiglitz, conhecido economista, está anunciando para a multidão em Davos de que o Bitcoin é usado para "casos de uso secreto" e que a moeda fiduciária é superior. Minha teoria é que esse tipo de medo realmente impulsiona mais adoção do Bitcoin e das criptomoedas.

Max Keizer, anfitrião do Relatório Keizer na RT, também abordou a onda de negatividade em torno do Bitcoin em Davos, mas disse que era tarde demais para que os grandes jogadores da indústria financeira tentassem parar o que ele descreveu como uma 'revolução.'

Aqueles em Davos ameaçados pelo Bitcoin talvez poderiam ter frustrado a revolução 5 anos atrás. Mas agora é muito tarde. Vão para casa, pessoal, seu tempo acabou.

O renomado investidor americano Bill Gross sugeriu que o crescimento do Bitcoin e das criptomoedas sinalizou um afastamento de instituições centralizadas que governam e controlam o dinheiro. As pessoas parecem estar depositando sua confiança mais na tecnologia do que em estabelecimentos governamentais.

A ascensão do Bitcoin pode refletir, seja para o bem ou mal, uma transferência monumental da confiança social: para longe das instituições humanas apoiadas pelos governos e indo em direção a sistemas que dependem de um código de computador bem testado.

O usuário do Twitter CryptoWilson ressaltou mais sentimentos negativos em relação às criptomoedas, compartilhando um vídeo do presidente francês, Emmanuel Macron, a favor das medidas de regulamentação do Fundo Monetário Internacional sobre criptomoedas.

Macron desencadeado pelos bitcoins em Davos: "Eu sou a favor de um FMI com plena competência em todas as áreas que escapam à regulamentação: o Bitcoin, as criptomoedas, o shadow banking [...] que podem desencadear crises."

Não pode ser ignorado

Não é possível isolar as percepções dos sentimentos, a verdade é que o mundo financeiro não pode mais se fazer de cegos sobre as criptomoedas. E por isso eles são um tema central no WEF deste ano e isso é compreensível.

Como o 68º secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, disse ao Cointelegraph no início desta semana no fórum, o valor absoluto do capital que foi investido no mercado global de criptomoedas tornou impossível ignora-lo.

O Coinmarketcap atualmente possui a sua capitalização de mercado em $559 bilhões - um número estável após um mês de volatilidade selvagem no mercado.