"Tente o Ethereum!" cripto diz ao CEO da Goldman Sachs que está "pensando" no Bitcoin

O CEO da Goldman Sachs, Lloyd Blankfein, disse que está "pensando ainda" sobre o Bitcoin, já que a comunidade de criptomoeda sugere que ele "entende" o Ethereum.

Em um estranho tuíte na terça-feira, Blankfein disse que quando a moeda fiduciária desbancou o ouro, os consumidores estavam "céticos", sugerindo que o Bitcoin poderia estar em uma posição similar em 2017.

"Sem conclusão - não endossando/rejeitando", ele escreveu sobre a moeda virtual número um.

"Saiba que as pessoas também ficaram céticas quando o papel-moeda desbancou o ouro".

Lloyd Blankfein diz: Ainda pensando em #Bitcoin. Sem conclusão - não endossando/rejeitando. Saiba que as pessoas também estavam céticas quando o papel-moeda desbancou o ouro.

Seu tom marca um forte contraste com o tomado por figuras similares da indústria, nomeadamente o CEO da JPMorgan, Jamie Dimon, que no mês passado descreveu o Bitcoin como uma "fraude".

Respondendo ao que foi claramente percebido como uma postura positiva sobre o Bitcoin, apesar do aviso legal de Blankfein, o engenheiro da ConsenSys, Andrew Keys, não perdeu tempo em aconselhá-lo sobre a necessidade de "entender" Ethereum.

"[...] Você precisa entender [Ethereum]. Ele é exponencialmente mais útil do que o bitcoin ", escreveu ele.

O que resultará do "pensamento" de Blankfein por enquanto é pura especulação.

A Goldman, no entanto, anunciou nesta semana que estava avaliando a idéia de permitir aos investidores oportunidades comerciais diretas para o Bitcoin. Isso encapsula uma série de atividades mais encorajadoras relacionadas à criptomoedas em geral, o gigante financeiro claramente interessado em manter o controle do potencial do mercado explosivo.

A sugestão de negociação vem quando os gráficos tradicionais da Goldman reportou uma queda maciça de 40% na receita de negociação de títulos para o segundo trimestre deste ano.