"Dia da Independência" do TRON: Ativada a mainnet da décima maior cripto

A décima maior criptomoeda TRON (TRX), com uma capitalização de mercado de US $ 2,7 bilhões, ativou sua rede principal após uma migração para seu blockchain público independente, de acordo com um post publicado em 25 de junho.

Denominado “Independence Day” pela Fundação TRON, o dia 25 de junho é marcado como a mudança para a mainnet TRON, cuja versão beta foi lançada em 31 de maio e faz parte de uma transição para longe da blockchain Ethereum (ETH). Para o período de transição da mainnet, os desenvolvedores levaram quase quatro semanas para garantir que os investidores pudessem mover seus tokens-padrão ERC-20 para a nova rede. Justin Sun, fundador da Fundação TRON, anunciou o “Dia da Independência” no Twitter:

#TRON transmissão ao vivo do Dia da Indpendência começa agora, junte-se a nós para fazer parte da internet gratuita e descentralizada.

De acordo com o post do blog, a fundação forneceu uma plataforma e criou um canal para que a comunidade e as partes interessadas recebam informações mais recentes por meio de uma transmissão ao vivo de 12 horas. A fundação distribuiu “um pequeno número de TRX durante a transmissão ao vivo de 12 horas para que os membros da comunidade TRON pudessem testar os diferentes recursos da mainnet TRON”, diz.

Como a Cointelegraph relatou anteriormente, a mudança para a rede independente testará as declarações da TRON como concorrente da Ethereum no fornecimento de uma plataforma blockchain pública de camada básica que suporte o desenvolvimento de aplicativos descentralizados (DApp). Como os desenvolvedores da TRON argumentaram, seus testes internos mostraram que a rede é "400 vezes mais rápida" do que a Ethereum.

Os tokens ERC-20 são projetados e usados somente na plataforma Ethereum, recorrendo a certos padrões que permitem que eles sejam compartilhados, trocados por outros tokens ou transferidos para uma carteira de cripto. Embora o ERC-20 também torne extremamente fácil a criação de novos tokens, há situações em que os tokens podem ser destruídos acidentalmente quando são usados como pagamento de um contrato inteligente. Para resolver este problema, a comunidade Ethereum está trabalhando em um novo padrão chamado ERC-223.