Grande exchange Binance agora dá suporte a compras com cartão de crédito das principais criptos

Uma das líderes no setor de exchange cripto, a Binance adiciona suporte a compras de algumas criptos com cartão de crédito por meio de sua parceria com o processador de pagamentos Simplex, de acordo com um comunicado compartilhado com a Cointelegraph em 31 de janeiro.

Changpeng Zhao, CEO da Binance, disse que a empresa “quer oferecer aos traders da Binance um acesso rápido e fácil à cripto, da maneira mais segura possível”. Zhao acrescentou que os clientes da exchange podem comprar ativos digitais com cartões de crédito e "começar a negociar em minutos".

Zhao continuou explicando que "a indústria de cripto ainda está em seus estágios iniciais e a maior parte do dinheiro do mundo ainda está em fiduciário", o que, segundo ele, é a razão pela qual gateways fiduciárias são importantes para o crescimento do ecossistema.

Nimrod Lehavi, cofundador e CEO da Simplex, disse que, para os usuários convencionais, pagamentos fáceis e rápidos em cartão de crédito são “um fator chave na adoção mais ampla da cripto em geral”.

De acordo com o comunicado de imprensa, os usuários da Binance poderão usar cartões das bandeiras Visa e MasterCard para comprar Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Litecoin (LTC) e Ripple (XRP).

A Binance é atualmente a maior exchange de criptomoedas do mundo por volumes de transações diárias ajustadas, de acordo com a CoinMarketCap. Nas últimas 24 horas até o momento dessa publicação, o mercado teve cerca de US$ 588 milhões em negociações.

No ano passado, a própria Cointelegraph também fez uma parceria com a Simplex para permitir compras com cartão de crédito de BTC, ETH e Bitcoin Cash (BCH).

Na semana passada, a Binance lançou suas próprias mesas de negociação no mercado de balcão (OTC) para transações maiores. A nova oferta, chamada de Binance OTC, oferece serviços voltados para usuários que realizam negócios no valor de pelo menos 20 BTC (cerca de US$ 68.800 no momento da publicação).

Após o hack da exchange neo-zelandesa Cryptopia na semana passada, Zhao anunciou que a Binance havia congelado alguns dos tokens enviados a sua carteira pelo suposto hacker. Uma análise da empresa de infraestrutura blockchain Elementus afirma que até 16 milhões de dólares em tokens ETH e ERC20 foram roubados no recente hack, além de fundos adicionais supostamente desviados ainda mais recentemente.