A gigante corretora cripto, Binance, procura 20 grandes investidores para fundo de $1 bilhão

A Binance, atualmente a maior casa de câmbio cripto por volume de negócios, planeja criar um fundo baseado em criptomoeda $ bilhão, confirmou um executivo hoje, 1º de junho.

Usando apenas os tokens BNB da Binance como um forma de investimento, o fundo será administrado através do Binance Labs.

A Binance, que em abril se mudou para Malta, já apoiou quatro projetos de blockchain por meio da incubadora, entre os quais uma rodada de financiamento de $30 milhões para a altcoin MobileCoin no mesmo mês.

"O investimento é de um só nível e acontece a longo prazo", disse Ella Zhang, chefe da Binance Labs, em uma conferência online citada pelo canal de notícias local PANews.

“Nós fazemos uma gestão adequada de ativos. Nós gostamos de nos fechar em projetos de longo prazo. Investidores e empresários estão juntos nesse projeto. Quem não acredita não entra."

O fundo procura incorporar apenas pesos significativos como parceiros, membros com pelo menos $100 milhões em gestão de ativos. A Binance está buscando um total de vinte desses parceiros.

A notícia é seguida por um pequeno movimento do desenvolvedor japonês Gumi, que anunciou que lançou seu próprio fundo de investimento blockchain no valor de $30 milhões para atrair projetos internacionais.

Conhecido como Gumi Cryptos, o fundo já atraiu quatro "protegidos".

“Nós gostamos de estágio inicial. Nós investimos em capital ou tokens. Nós gostamos de serviços financeiros. Nós gostamos de tecnologias de jogo, e acreditamos que há uma forte conexão entre jogos e cripto ”, disse o co-fundador Miko Matsumura ao VentureBeat.