Tippin.me, que utiliza a Lightning Network para gorjetas no Twitter, lança versão 1.0 com novas funcionalidades

O aplicativo da Lightning Network Tippin.me lançou uma atualização da versão 1.0 que inclui uma série de novos recursos e medidas promocionais destinadas a aumentar a base de usuários e melhorar a experiência do usuário.

Originalmente lançado em dezembro de 2018, o Tippin.me impactou a comunidade de criptomoedas do Twitter, tornando possível enviar gorjetas em BTC aos usuários do Twitter através da Lightning Network. A rede ainda nascente está sendo construída por uma série de startups e desenvolvedores, em uma tentativa de criar um novo nível de escalonamento para o Bitcoin.

Nos primeiros meses do lançamento do aplicativo, Tippin rapidamente alcançou um público considerável nas criptomoedas. Em março de 2019, Tippin começou a acumular cerca de 200 usuários diariamente, com uma base total de usuários de cerca de 14.000 pessoas, e até recebeu um alerta do co-fundador do Twitter, Jack Dorsey.

Na semana passada, a versão 1.0 do aplicativo de extensão do Chrome foi lançada com recursos que visam tornar a entrada de novos usuários no aplicativo muito mais fácil. Esses elementos incluem uma carteira embutida mais abrangente e um melhor sistema de mensagens.

Notavelmente, os usuários não precisam mais configurar um aplicativo lightning wallet de terceiros para enviar gorjetas. Talvez uma das funções mais confusas do aplicativo em uma versão anterior fosse que, se você já não tivesse uma carteira Lightning, precisava criar uma para enviar uma gorjeta. Agora isso não é necessário, desde que você tenha um saldo no Tippin.me.

A ressalva aqui é que Tippin.me é um aplicativo de custódia, o que significa que o próprio aplicativo tem o controle dos fundos que estão no site, em vez do próprio usuário.

Além disso, os usuários agora podem usar bitcoins “on-chain” em vez de apenas fundos “off-chain” para encher o pote de gorjetas, e podem enviar mensagens junto com suas doações.

O anúncio afirma que "agora é ainda mais fácil dar gorjetas para as pessoas" e está oferecendo um bônus adicional de 1.000 satoshis para novos usuários que se inscrevem por um tempo limitado. Usuários veteranos que encaminham novos usuários para a plataforma também receberão 500 satoshis para cada novo cliente que eles atraírem.

A Lightning Network vem atraindo cada vez mais novas empresas para sua rede. A solução de escalabilidade proposta pela tecnologia de segunda camada do Bitcoin parece ser a grande alternativa que irá solucionar o problema de escala que a blockchain do Bitcoin possui. Conforme reportado anteriormente, a startup Radar lançou no mês passado um conjunto de ferramentas para facilitar o desenvolvimento de aplicativos na rede.