Tailândia: Banco central pede que todos os bancos evitem criptomoedas, Regulamentações pendentes

Veerathai Santiprabhob, governador do banco central da Tailândia, pediu a todos os bancos da Tailândia que fiquem longe das criptomoedas, relatou ontem a Reuters , 31 de Fevereiro.

De acordo com a agência de notícias, o banco central lançou uma circular na segunda-feira que proíbe os bancos da Tailândia de investir e negociar em criptomoedas, além de participar e criar casas de câmbio digital e plataformas para moedas digitais. A circular se aplica especificamente aos bancos, não às exchanges (casas de câmbio) ou a outros serviços , que ainda estão autorizados a operar livremente no país.

Os bancos também foram convidados a não aconselhar os clientes em investimentos e negócios com criptomoedas e os proibiram também de usar cartões de crédito para compras de moedas digitais. Vários dos grandes bancos globais já instituíram uma proibição similar de compras de criptomoedas com cartão de crédito na semana passada, já que os mercados de moedas digitais sofreram um mergulho para novos mínimos recorde de vários meses.

Ao explicar o seu raciocínio para a proibição do tratamento dos bancos com as criptos, o banco da Tailândia citou preocupações com as moedas digitais utilizadas para atividades ilegais, como a lavagem de capitais ou atividades terroristas, observando que as criptomoedas não são legais no país.

Regulamentação, não proibição

O ministro das finanças da Tailândia, Apisak Tantivorawong, afirmou em 7 de Fevereiro que o governo tailandês não proibirá a criptomoeda, mas trabalhará na construção de uma estrutura regulamentadora para moedas digitais, informou o Bangkok Post . A circular do Banco da Tailândia pode ser vista como um alerta para os bancos para se manterem longe das criptomoedas até que este quadro regulamentar possa ser implementado.

Em setembro de 2017, a comissão de valores mobiliários (SEC) da Tailândia também havia anunciado uma disposição para apoiar ofertas iniciais de moedas (ICO) implementando regulamentos que protegeriam investidores contra fraudes. Ontem, 12 de Fevereiro, o secretário-geral da SEC, Rapee Sucharitakul, disse que a comissão não tem a capacidade de bloquear as transações de moedas digitais, pois são negociadas através de plataformas on-line, mas tentará educar os investidores para protegê-los contra golpes de ICO, relatou o Bangkok Post .

O ministério das finanças da Tailândia disse em 2 de Fevereiro que o Banco da Tailândia e a SEC Tailândia devem alertar os clientes sobre investir em mercados de criptomoedas, mas essa tecnologia Blockchain pode ser útil para o setor financeiro da Tailândia.

O banco central da Tailândia já realizou uma reunião com o co-fundador do Ethereum , Vitalik Buterin , em Agosto de 2017 sobre a possibilidade futura de integrar õ Ethereum no setor financeiro tailandês para melhorar a eficiência das infra-estruturas já existentes.