CVM tailandesa aprova sete operadores de criptomoedas para servir clientes e revisa duas mais

Reguladores taliandeses anunciaram na quinta-feira, 16 de agosto, que até agora aprovaram sete entidades empresariais para realizar operações de criptomoeda como parte da formalização do mercado doméstico do país.

Em um comunicado, a Comissãode Valores Mobiliários da Tailândia (CVM) confirmou a Bitcoin Co. Ltd., a Bitkub Online, a Cash2coins, a Group Co. e a Coin Asset. Ltd. foram capazes de operar como casas de câmbio de criptomoeda legais .

Além disso, o regulador aprovou dois revendedores de criptomoedas: a Coins TH Co. Ltd. e a Digital Coin Co. Ltd. (ThaiWM).

A medida faz parte de um pacote de regras “transitórias” que regem as empresas cripto que operam na Tailândia antes da primeira parcela dos regulamentos que entraram em vigor em 14 de maio.

Como reportado pela Cointelegraph, essas entidades continuam a atender os clientes enquanto se candidatam e aguardam uma licença completa, notificando a CVM tailandesa dentro de 90 dias após o prazo final de maio.

“Além disso, a CVM está atualmente revisando os dados de dois outros operadores de ativos digitais que apresentaram uma solicitação de acordo com as Disposições Transitórias”, continua o comunicado.

Na semana passada, a CVM também revelou um forte interesse de potenciais emissores de Oferta Inicial de Moedas (ICO) na solicitação de status regulamentado na Tailândia.

Mais de 50 projetos haviam se apresentado, e o regulador, com pré-requisitos previamente definidos, precisava ser cumprido para ser considerado para aprovação. A partir de junho, no entanto, apenas cinco candidatos preencheram os pré-requisitos.