Regulador tailandês confirma início de julho como data para ICOs reguladas

Em um anúncio em 4 de julho, a Tailândia confirmou seus há muito aguardados regulamentos para ICO, entrarão em vigor em 16 de julho, consolidando o status do instrumento de captação de recursos no país.

Em comentários resumidos, a Comissão Tailandesa de Valores Mobiliários (CTVM) finalizou detalhes de como as ICOs operarão daqui para frente.

O novo regulamento tomará a forma de um procedimento de habilitação de dois níveis, com portais credenciados da ICO encarregados de selecionar candidatos para passar para a SEC para uma triagem final.

"Uma vez aprovada por um portal ICO, a SEC começará a considerar pedidos para a emissão e venda de tokens digitais para ICOs", explica uma tradução aproximada do anúncio.

O sistema é o resultado de um processo de consulta e preparação do governo que foi executado por vários meses.

Anunciada originalmente em março e por meio de um decreto real em maio deste ano, como a Cointelegraph relatou, seu ponto culminante terá a Tailândia tornando-se umas da sprimeiras jurisdições no mundo a permitir que as ICOs operem em um ambiente totalmente regulamentado.

Coreia do Sul poderia em breve seguir o exemplo, com os legisladores considerando uma reversão do banimento de ICOs em favor de uma operação controlada.

Operadores prospectivos de ICO tailandeses enquanto isso devem cumprir com uma gama de pré-requesitos antes de poderem aplicar, incluindo um mínimo de 5 milhões de baht tailandeses (US $ 150.000) e a capacidade de divulgar completamente aspectos de planos técnicos e de investimento.