Escola disponibiliza 1.000 vagas gratuitas para formar especialistas em Ethereum

Estão abertas as incrições para a primeira turma do Community Blockstars, programa gratuito que pretende formar 1.000 programadores especialistas em Ethereum neste ano de 2019.

O programa é promovido pela B9Lab, escola de tecnologia criada em 2014 e que possui mais de 13.000 alunos de 125 países, e que vai oferecer  mentoria, treinamento e certificação para os alunos selecionados. 

Serão dois cursos ao longo do ano, cada um com 500 vagas - dessas, 250 serão custeadas por parceiros e as outras 250 pela própria B9Lab.

A seleção dos participantes será realizada através de um teste online, realizado entre 31 de janeiro e 28 de fevereiro. Aqueles que foram aprovados começam o curso em março.

O curso é totalmente online e tem duração estimada de 9 semanas, mas o prazo pode variar um pouco já que cada estudante pode fazer as aulas no ritmo que desejar - a estimativa da B9Lab é de 20 horas de dedicação semanais.

"Queremos ouvir pessoas com formações variadas. Gente de diferentes indústrias, com histórias de vida diferentes, e o custo do treinamento não pode ser uma barreira para isso. É por isso que vamos oferecer o curso de graça", disse Elias Haase, um dos fundadores da B9Lab, à Forbes.

O curso oferecido gratuitamente no Community Blockstars será exatamente o mesmo sobre a tecnologia do Ethereum que é vendido pela empresa desde 2015 - e que custa quase € 1.000.