Empresa que emite relatórios fiscais ligados à criptomoedas levanta US$ 5 milhões em rodada de investimento

A TaxBit, uma empresa de compliance tributária orientada a criptomoeda, levantou US$ 5 milhões em uma rodada de investimento que contou com a participação do escritório da família dos gêmeos Winklevoss, Winklevoss Capital.

Em um anúncio de 6 de janeiro, a TaxBit disse que planeja usar os recursos arrecadados para aprimorar seus produtos de software em escala internacional, já que sua ferramenta de relatórios fiscais acumulou milhares de usuários de criptomoeda. Especificamente, a empresa com sede em Utah planeja acelerar o crescimento de clientes nos EUA e em regiões como Canadá, Reino Unido e Austrália, observou a TaxBit.

A ferramenta de relatório de impostos da TaxBit é apoiada por uma equipe de CPAs, advogados e desenvolvedores

Lançado em janeiro de 2019, o "TurboTax of crypto" da TaxBit é um produto que automatiza os impostos sobre criptomoedas para usuários, exchanges e traders de criptomoedas. Contactado pelo Cointelegraph, o CEO e fundador da TaxBit, Austin Woodward, observou que um recurso exclusivo da plataforma é que ela foi projetada por uma equipe de contadores públicos (CPAs) e advogados tributários trabalhando ao lado de desenvolvedores de software, diferentemente da maioria dos concorrentes, que ele identificou como sendo principalmente orientados a desenvolvedores.

Woodward explicou que essa combinação de especialistas do setor permite que a empresa crie a “solução tributária mais precisa do mercado” e possibilita um processo completo de relatórios tributários sem a necessidade de CPAs adicionais. O executivo escreveu em um e-mail para o Cointelegraph:

“A TaxBit fornece um relatório completo de auditoria, que qualquer CPA ou funcionário do IRS, no caso de uma auditoria, pode facilmente verificar a precisão dos cálculos de impostos de um usuário. Além disso, como temos contadores e advogados certificados na equipe, podemos facilitar todas as auditorias do IRS do início ao fim, o que significa que elaboramos todas as cartas e correspondências do IRS para que os usuários não precisem contratar um CPA ou advogado para fazê-lo."

Focando na imutabilidade dos registros fiscais e acompanhando o IRS

De acordo com o site da TaxBit, a solução de relatórios fiscais da empresa suporta mais de 2.500 criptomoedas e inclui recursos como integrações de API e ferramentas de otimização de impostos. Questionado pelo Cointelegraph se a TaxBit suporta qualquer criptomoeda específica, Woodward respondeu que a plataforma suporta "qualquer moeda que esteja disponível em uma exchange ou carteira". O executivo acrescentou que a empresa conseguiu acompanhar as novas orientações e receitas do IRS e apoiar todas as moedas ao mesmo tempo.

Uma das principais características da TaxBit pretende enfrentar um grande desafio colocado pelo Internal Revenue Service (IRS), que atualiza frequentemente as regras das taxas de  criptomoedas, o que exige que os sistemas contábeis façam alterações em suas regras tributárias, disse Woodward. O CEO da TaxBit observou que a empresa está “constantemente avaliando as melhores e mais novas tecnologias”, incluindo a tecnologia blockchain, a fim de fornecer relatórios fiscais imutáveis, pontuais e precisos.

Dragonfly Capital está entre os investidores

Enquanto isso, outros investidores incluíram a Dragonfly Capital Partners, TTV Capital, Collaborative Fund, Valar Ventures, Global Founders Capital, Table Management e Album VC, entre outros. Segundo a empresa, o financiamento demonstra a mudança de como os americanos estão olhando para a criptomoeda quando se trata de impostos e regulamentos.

Em outubro de 2019, o IRS divulgou suas diretrizes para declarações de impostos baseados em criptomoeda, exigindo que cerca de 150 milhões de contribuintes americanos respondam à pergunta se eles receberam, venderam, enviaram ou trocaram qualquer tipo de moeda virtual. De acordo com algumas estimativas, pelo menos 12 milhões de declarações fiscais devem conter alguma forma de investimento em criptomoeda.