Taiwan emitirá minuta de normas de ICO até junho de 2019, diz regulador

Taiwan planeja divulgar o projeto da Oferta Inicial de Moedas (ICO) até junho de 2019, informou terça-feira, 23 de outubro, o jornal local Taipei Times.

A publicação citou planos de Wellington Koo, presidente do regulador financeiro de Taiwan - a Comissão Supervisora Financeira (FSC) - que estava falando em uma reunião do Comitê Legislativo de Finanças Yuan.

"Quanto mais regulamos, mais esse novo comportamento econômico diminui", disse ele aos membros da reunião em 22 de outubro.

As ICOs criaram tensão em todas as jurisdições internacionais interessadas em evitar a exposição do consumidor à fraude. Localmente, a China continental proibiu totalmente a prática, uma medida que também está em vigor na Coreia do Sul desde setembro do ano passado, mas que agora pode sofrer uma reversão.

Em outubro passado, Taiwan, por outro lado, optou por não regular diretamente nem criptomoeda nem ICOs, enquanto em abril deste ano as autoridades confirmaram que usariam a legislação existente de combate à lavagem de dinheiro (AML) para governar o setor.

Apesar da declaração de Koo sobre o regulamento da ICO, Taiwan ainda assim não planeja "limitar a criatividade e a produtividade associadas às criptomoedas", continuou o Taipei Times, desde que elas não constituam títulos.