Taiwan: Taipei Bank lança o primeiro sistema de pagamento blockchain no país

O Taipei Fubon Commercial Bank, de capital fechado, tornou-se o primeiro  banco em Taiwan a implantar um sistema de pagamento baseado em blockchain, informou a mídia local Taipei Times em 14 de maio.

O banco anunciou que implantou seu sistema de pagamento baseado em blockchain para restaurantes e comerciantes perto da Universidade Nacional de Chengchi. O Taipei Fubon revelou pela primeira vez seus planos de introduzir uma rede de pagamento baseada em blockchain em março de 2017, quando assinou um contrato com a universidade para realizar uma “P&D chave de tecnologia e engenharia para uma rede de pagamento de blockchain”.

Rodando na rede Ethereum (ETH), o aplicativo de pagamento baseado em blockchain implementa o protocolo consensual Istambul Byzantine Fault Tolerant (BFT), que reduz os tempos de pagamento, bem como economiza no custo das transações. Segundo o banco, o algoritmo reduziu os tempos de transação para menos de um segundo.

A implantação de blockchain recém-lançada também fornece um método aprimorado de registro de transações de dados. Cada transação é instantaneamente criptografada e registrada no blockchain, e os comerciantes poderão consultar registros completos de transações através do livro de contas blockchain.

Segundo o Taipei Fubon Commercial Bank, o volume de transações dos comerciantes cooperativos na zona próxima à universidade quadruplicou no período de duas semanas após seu lançamento. O Taipei Fubon afirma que o próximo estágio no desenvolvimento do projeto é expandir o sistema de pagamento com blockchain para lojas e empresas na área de Chengchi, criando uma zona de demonstração para o novo aplicativo.

Em janeiro, Taipei, capital de Taiwan, anunciou que pretende se transformar em uma "cidade inteligente", usando blockchain para forncecer avanços tecnológicos, como sensores de poluição e rastreamento de histórico de saúde aos cidadãos. Em fevereiro, o governador do banco central de Taiwan, Yang Chin-long, afirmou que o banco está explorando os pedidos de blockchain para melhorar "a segurança e a eficiência dos sistemas de pagamento".