Selecionadores de Ações Escolhem o Bitcoin: Bill Miller Revela seu 1% de Cripto Portfolio

Outro investidor multimilionário revelou que tem parte de seu portfólio em Bitcoin como uma nova tendência de cripto hedge de alto perfil emerge.

Em uma entrevista à Forbes, o infame colecionador de ações Bill Miller anunciou que tem mantido 1% de seu portfólio em Bitcoin desde 2014.

Com base nos aumentos de preços desde então, Miller deve ter tido ganhos enormes que poderiam superar mesmo suas decisões de investimento de ações mais impressionantes.

"Ele aumentou quase dez vezes, e o Bitcoin agora tem uma grande participação de seu hedge fund", confirma a Forbes.

Miller não está sozinho. No início deste ano, o bilionário australiano Mike Cannon-Brookes também deixou escapar sobre suas participações significativas em Bitcoin, que o tem servido bem desde 2010.

A porcentagem de riqueza total investida na moeda virtual é, no entanto, pequena - bem abaixo do máximo sugerido pelo educador Andreas Antonopoulos de 10% do portfólio.

Nas mídias sociais, o artigo foi recebido com confirmações similares daqueles que decidiram diversificar suas poupanças para fora de fiduciário.

Perspectivas de outros grandes nomes variam mais amplamente.

Ronnie Moas, o comerciante de ações tão bem sucedido que obteve o título de "Prolific Picker", sugeriu este mês que o Bitcoin poderia pular para US$ 5.000 em meses.

Por outro lado, enquanto isso, o investidor proeminente Fred Hickey, sugeriu que o futuro do Blockchain e das criptos não estava em sua capacidade como um "estoque de valor".