Atlético de Madrid lança seu token de torcedor

O time de futebol espanhol Atlético de Madrid - que atua na principal divisão profissional da liga de futebol da Espanha, conhecida como La Liga - fez uma parceria com a plataforma blockchain Socios.com para lançar um ecossistema de token de torcedor.

A notícia foi revelada em um comunicado de imprensa compartilhado com o Cointelegraph em 6 de setembro.

Token de torcedor do Atlético

Como relatado anteriormente, a Socios se descreveu como uma aplicação tokenizada, movida a blockchain, do conceito de gerenciamento de multidões sócios do Real Madrid e do FC Barcelona.

A plataforma de votação tokenizada Socios e o aplicativo móvel baseado em blockchain são operados pelo empreendimento esportivo blockchain chiliZ, que tem o apoio de jogadores de alto nível da indústria de cripto que incluem a exchange cripto Binance e a OK Blockchain Capital.

O Atlético de Madrid terminou em no ranking de coeficientes de clubes da UEFA para a atual temporada - superando Juventus (5º), Arsenal (9º), Chelsea (12º) e Ajax (20º).

De acordo com o comunicado de imprensa de hoje, a Socios e o Atlético de Madrid lançarão um Token Oficial de Torcedor da marca do clube por meio de uma chamada oferta de token do torcedor (FTOs) no outono de 2019 para a temporada 2019/2020.

O token - ao preço de 2 euros - será um ativo digital que confere direitos de voto aos torcedores do Atlético e será usado para impulsionar o envolvimento da gente do clube, permitindo que os usuários participem de pesquisas tokenizadas no aplicativo móvel Socios.

Os tokens também concedem aos titulares acesso a mercadorias, recompensas e jogos.

De olho em "mais de um bilhão" de usuários de cripto

Enquanto os tokens de torcedores são usados ​​na plataforma Socios, em termos técnicos, eles operam em uma sidechain autorizada separada, onde cada clube de futebol da chilliZ participante funciona como um node com prova de autoridade.

A sidechain é alimentado pela criptomoeda nativa chiliZ, o $chz, um utility token de utilitário ERC20 compatível com Ether.

O Atlético de Madrid se junta a uma série de outras grandes equipes internacionais de futebol que já fizeram parceria com a plataforma - incluindo o West Ham United de Londres, o clube de futebol francês Paris Saint-Germain e a Juventus da Itália.

O CEO e fundador da Socios, Alexandre Dreyfus, disse que, ao integrar equipes de alto nível, ele pretende aumentar a base de usuários em potencial da plataforma para "mais de um bilhão de fãs de esportes, todos os quais serão eventuais usuários de criptomoedas".

Em julho, a Cointelegraph publicou uma visão geral da crescente tokenização da indústria do esporte. Além da Socios - que tem uma parceria oficial com a Binance e recentemente teve seu token listado na exchange - outras plataformas como a Utrust estão facilitando pagamentos de criptomoeda para ingressos e mercadorias para equipes como o Benfica de Portugal.

Em agosto, o Manchester City da Premier League inglesa  anunciou uma parceria com a startup sul-coreana de jogos de futebol blockchain Superbloke.