Empresa sul coreana plataforma que conecta fãs de K-pop com ídolos usando Blockchain

O estilo musical consagrado mundialmente K-Pop (Korean Pop), anunciou em parceria com a empresa snowM o lançamento de uma plataforma blockchain com objetivo de conectar fãs globalmente e ajudá-los a se comunicar com os artistas.

Conforme relatado pela BusinessKorea, a empresa de entretenimento social snowM lançará uma versão demo da plataforma de fã-clube - a snowDAQ - em julho usando a plataforma blockchain Luniverse - operada pela Lambda256, uma subsidiária da Dunamu.

O K-pop é uma grande indústria na Coréia do Sul. Sua popularidade abriu caminho para o estilo tornar-se uma indústria globalmente reconhecida. Muitas empresas acreditam que a tecnologia blockchain pode ser usada para acelerar ainda mais o crescimento da indústria.

Park Seung-hun, CEO da snowM, sugeriu a possibilidade de criar um sistema de recompensas simbólicas para os fãs com base em suas ações. Ele disse:

"Usuários de serviços blockchain baseados em entretenimento também são fãs. Esperamos que os serviços resolvam inconveniências que eles experimentam e que eles recebam o justo valor da atividade de fã-clubes."

O serviço é uma grande novidade para os fãs estrangeiros que tentam comprar os ingressos para shows e mercadorias do K-pop, substituindo o atual sistema de pagamentos PayPal por um sistema de remessa baseado na blockchain.

A snowM é uma empresa de entretenimento que abriga várias outras empresas, como SM, SidusHQ, MBC, Bugs Music e Sony Pictures. A empresa já administra um projeto de entretenimento social incentivado, a SnowMakers, baseada em Blockchain. A SM Entertainment foi a principal empresa de entretenimento coreana em 2018, com uma receita de vendas de US$ 532 milhões.

As vantagens da tecnologia blockchain chamaram a atenção de muitas start-ups sul-coreanas. O governo recentemente mostrou apoio às criptomoedas em vez de implementar proibições definitivas como fez no passado. Conforme reportado pelo Cointelegraph, o serviço nacional de correio Sul Coreano planeja utilizar a tecnologia Blockchain para seu sistema de pagamentos.