Exchange Sul-Coreana Bithumb compensará Usuários após Hackeamento

A Bithumb, uma das principais plataformas de troca de criptomoeda na Coreia do Sul, anuncia que compensará seus clientes cujas contas foram comprometidos durante um ataque em seus sistemas de dados.

Acredita-se que o vazamento de dados seja originário de um computador de um funcionário não identificado da empresa.

De acordo com um relatório do serviço de notícias regional Yonhap, há até 30.000 usuários foram afetados pelo vazamento de dados.

Posição do mercado cripto global

Com base nos dados fornecidos pelo CoinMarketCap, a Bithumb é uma das dez principais exchanges de Bitcoin em todo o mundo em termos de volume. As transações de Bitcoin da Bithumb representam cerca de 3% do mercado inteiro do Bitcoin. A exchange, entretanto, capta cerca de 13,5% do mercado total de Ethereum.

Compensação para usuários afetados

Em sua recente postagem no blog, a exchange disse que pagará a cada cliente afetado 100.000 Won coreano, o que equivale a cerca de 86.50 dólares americanos.

A empresa também revela que uma compensação adicional será fornecida aos clientes cujos fundos foram roubados devido ao vazamento de dados. A empresa, no entanto, não forneceu um valor exato sobre as perdas totais incorridas, bem como o número de usuários afetados.

Um cliente local, entretanto, disse que perdeu 10 milhões de Won ou cerca de US$ 8,700 de sua conta.

Bithumb tranquiliza:

"Além disso, para os membros que sofreram danos adicionais devido a este incidente, compensaremos a totalidade dos danos de forma responsável".

O incidente de roubo de contas e vazamento de dados na exchange foi relatado pela primeira vez às autoridades locais no final de junho de 2017.

Os relatórios levaram a Korea Internet and Security Agency a realizar uma pesquisa inicial sobre o caso. De acordo com um funcionário não identificado, a Comissão de Comunicações da Coreia também participou da investigação preliminar.


Siga-nos no Facebook