Coreia do Sul se preparando

A Coreia do Sul está "considerando" uma proibição de casas de câmbio de criptomoedas, à medida que os legisladores as criticam como "enganadoras".

Como a fonte de notícias local Hankyung relata hoje, o governo está atualmente estudando mudanças na lei que criminalizaria efetivamente as casas de câmbio em um método semelhante ao da China.

"Estamos ativamente considerando formas de proibir transações de câmbio doméstico, julgando o comércio de moeda virtual como um meio enganador de defraudar as pessoas [...] ao abrigo do código penal", diz a publicação.

Isto, o funcionário continuou, exige uma "revisão séria e regulação de comerciantes de dinheiro virtual".

Os últimos anúncios capitalizam uma série de medidas regulatórias negativas contra o Bitcoin da parte da Coreia nas últimas semanas.

Uma proibição total das ICOs iniciou uma repressão que agora também enquadrará os futuros de Bitcoin fora da lei, enquanto a criptomoeda estará sujeita ao imposto de renda e ao imposto de transferência de renda no futuro, as autoridades sugeriram.

As informações anteriores indicavam que a posição do governo sobre as casas de câmbio exige que os cidadãos disponham apenas de uma conta vinculada à sua identidade real.

Um sinal da abordagem confusa adotada para o fenômeno crescente da criptomoeda, nesta semana, a Comissão de Serviços Financeiros da Coreia também anunciou planos para levantar a proibição da ICO.