Banco Central Sul-Africano Começará um Experimento de Regulação Bitcoin

Um provedor de soluções baseado em Blockchain na África do Sul, o Bankymoon, foi selecionado pelo banco central do país para ser a sandbox do negócio no teste de regulamentação de moeda digital.

O Banco de Reserva (Reserve Bank) Sul Africano, essencialmente o banco central do país, começará a experimentar diferentes regulamentos em torno do Bitcoin e outras criptomoedas com o objetivo de legitimar e entender a tendência crescente.

Testando os ânimos

O governo sul-africano até agora quase fechou os olhos para o Bitcoin e moedas digitais relacionadas, mas isso marca um grande passo para a regulação do Bitcoin em um país que está florescendo tanto com os usuários como com os comerciantes.

Lorien Gamaroff, CEO da Bankymoon, admite que ainda estão nos primeiros passos em suas negociações com o banco central por causa de sua hesitação em avançar muito profundamente, muito rapidamente.

"Tudo o que estamos fazendo neste momento é ver o quão longe esse relacionamento continuará dentro desta sandbox", diz ele.

"Isso ocorre porque o Reserve Bank está muito hesitante em dar um selo de aprovação a qualquer coisa que surja. A sandbox só será centrada no Bitcoin durante esta fase inicial, mas está focada na aplicação de regulamentos amplos para todas as criptomoedas".

Regular ou não regulamentar

Com a grande mídia começando a prestar atenção no Bitcoin e em moedas digitais, há uma questão espinhosa que sempre surge. A própria natureza do Bitcoin deve ser descentralizada, mas o desejo de governos de restringir e regulamentá-la está em oposição a este princípio.

No entanto, a regulamentação das moedas digitais tem suas vantagens, e para os governos se trata da adição de um nível de legitimidade à tecnologia.

Gamaroff é outro inovador de Bitcoin que acredita que os regulamentos só fortalecerão o Bitcoin nas economias locais:

"Eu acho que o regulamento irá movimentar as coisas e tornar as pessoas na rua confortáveis ​​com o Bitcoin. Com estes novos regulamentos, essas pessoas comuns podem agora confiar que o Bitcoin não é apenas para hackers e criminosos ".

Mais apoio no Deep South

Houve muitos apoios vocalizados de alguns dos grandes negócios e empresários da África do Sul com Michael Jordaan, o ex-CEO do First National Bank (FNB), dizendo que a moeda digital rivalizará com os  fiduciários dentro de 10 anos.

Jordaan é um grande crente em moedas digitais expressando ainda que seu modelo em breve tornará os bancos centrais obsoletos. Ele também acredita que todo o modelo bancário poderia entrar em colapso com a aceitação do Bitcoin com taxas baixas.


Siga-nos no Facebook