Reclamando do Bitcoin? Bolsas de valores têm pior semana desde janeiro de 2016

Apesar dos problemas do Bitcoin, os mercados acionários tradicionais tiveram seu pior período de cinco dias desde janeiro de 2016 encerrados em 25 de março, observam os analistas nesta semana.

No mês em que o BTC/USD atingiu US $ 6600 - seu segundo menor nível desde novembro de 2017 - os mercados globais também estão mostrando sinais de baixa.

O mercado acionário dos Estados Unidos caiu 6% entre 19 e 23 de março enquanto os papéis europeus caíram 4% e os japoneses 5% no mesmo período, aponta o MarketViews.

A Cointelegraph informou nesta semana sobre o contínuo desempenho pessimista dos ativos de criptomoeda em todo mercado, liderados pelo Bitcoin, que fechou abaixo de sua média móvel de 200 dias para perder o suporte em torno de 7500 dólares.

No momento deste texto, os preços estão em torno de US $ 7.000, ao passo que a maior altcoin, o Ethereum (ETH) não conseguiu manter os preços acima dos US $ 400 - representando uma perda mensal de 55%.

Os mercados de Bitcoin sofreram uma pressão adicional no dia 30 de março, depois que a Mailchimp anunciou que estava encerrando contas relacionadas à criptomoeda.

Como múltiplos fatores levam a culpa pelo amplo sentimento negativo, sendo o principal deles a probabilidade de uma nova guerra comercial seguindo as tarifas dos EUA, os comentaristas estão lutando para encontrar razões para ir para o lado positivo.

"Se (os mercados) se dirigirem imediatamente para baixo, pode ser de uma forma em cascata que a mídia provavelmente rotulará como um colapso, mas achamos que as chances de um rali de alívio começar em algum momento são provavelmente maiores", observa o MarketViews.