Dinheiro a Curto Prazo ou Fé nas Criptos? Por que VCs Investem em ICOs

Panos Mourdoukoutas, professor da LIU Post em Nova Iorque e Columbia University, escreveu recentemente que as empresas de capital de risco e os investidores estão observando várias moedas digitais líderes. Ele colocou especial ênfase na participação do capital de risco em várias ICOs com base em Ethereum.

Em 7 de julho a Cointelegraph reportou que algumas start-ups Bitcoin e Blockchain começaram a atrair firmas VC (capital de risco) tradicionais. Na verdade, algumas das maiores empresas do mundo, como o Holley Group, com sede em Hangzhou, começaram recentemente a investir em projetos ICO e Blockchain.

As ICOs precisam de VCs?

Analistas como Mourdoukoutas não consideram que a finalidade das ICOs é eliminar a necessidade dos investidores de capital de risco inteiramente.

As ICOs destinam-se a descentralizar o financiamento; elas nunca foram feitas para se tornar um veículo para o investimento em capital de risco. Alguns projetos de Blockchain e ICOs parecem estar deliberadamente aproveitando o frenesi especulativo atual, usando-o para conquistar VCs.

Nem todo o capital de risco no setor de criptomoeda e Blockchain estão procurando comprar ICOs e rapidamente os guiam para ganhos máximos a curto prazo. Vários capitalistas de risco assumiram o papel de "capital paciente" em um esforço para maximizar os lucros a longo prazo.

Nem todas as empresas de capital de risco e investidores institucionais dentro do setor de criptomoeda estão buscando acumular fortuna maciça em um curto período de tempo.

Algumas empresas de capital de risco dedicadas que realmente tentaram melhorar a indústria de criptomoeda financiando start-ups em estágio inicial e apoiando suas visões criaram empresas de grande escala que realmente possuem fluxos de receita consistentes e milhões de usuários ativos.

Infraestrutura e crescimento do setor

Por exemplo, a Coinbase tornou-se a primeira empresa de bilhões de dólares no setor de Bitcoin no início deste ano e está preparada para arrecadar uma rodada de financiamento de mais de cem milhões de dólares para expandir seus serviços e operações internacionalmente.

Casas de câmbio e plataformas de carteiras como a Coinbase nem sempre foram lucrativas. O Blockchain, a segunda maior plataforma de carteira Bitcoin do mundo, também arrecadou US$ 40 milhões em uma nova rodada de financiamento estabelecida em junho, independentemente de seus serviços com margens de lucro baixo e fluxos de receita menores.

Assim, a grande maioria das empresas de capital de risco no setor de Bitcoin realmente contribuiu para a formação de infraestrutura necessária para casas de câmbio, plataformas de negociação e carteiras.

Embora seja possível que as empresas de capital de risco que entraram recentemente no setor estão tentando acumular grandes quantidades de capital em um curto período de tempo, a maioria das empresas de capital de risco no setor de criptomoeda tem desempenhado um papel fundamental ao permitir que o mercado cresça para um mercado de US$ 115 bilhões.

Algumas empresas VC podem ter um projeto de geração de dinheiro a curto prazo em criptomoedas, enquanto muitas firmas VC e investidores anjos realmente acreditam nas tecnologias oferecidas pelo Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas.