SegWit? Coinbase parece dar um giro de 180 no que tange o hard fork do Bitcoin Hard

A Coinbase pareceu alterar significativamente a sua posição sobre o vindouro hard fork do Bitcoin, o SegWit2x, dizendo que não apoiará incondicionalmente a cadeia BTC.

A Cointelegraph informou ontem que a maior casa de câmbio dos EUA continuaria se referindo ao BTC como o Bitcoin "real", com o SegWit2x recebendo um ticker "B2X" equivalente a uma altcoin.

A decisão levou a um amplo apoio da comunidade de criptomoeda com muitos comentaristas vendo isso como o prego no caixão para a integridade do 2x.

Em uma atualização, no entanto, tanto a Coinbase quanto seu CEO Brian Armstrong confirmaram que de fato "chamariam a cadeia com a dificuldade mais acumulada de Bitcoin".

Com o consenso majoritário, a cadeia 2x poderia assim ganhar o suporte da Coinbase como o "Bitcoin real".

Brian Armstrong diz: Esclarecendo: chamaremos a cadeia com a dificuldade mais acumulada de bitcoin. É importante para nós permanecermos neutros e deixar o mercado decidir.

"É importante para nós mantermos uma posição neutra em qualquer fork. Acreditamos que deixar o mercado decidir é a melhor maneira de garantir que o Bitcoin permaneça uma plataforma justa e aberta", diz o novo post.

A casa de câmbio, assim, se junta à Xapo, que foi uma das primeiras empresas de Bitcoin a assinalar a posição formal do 2x e confirmou que poderia renomear a cadeia 2x "BTC" caso ela tenha "a dificuldade mais acumulada".

Não surpreendentemente, os consumidores reagiram com frustração ao que lhes pareceu ser um giro de 180º da Coinbase sobre o hard fork.

"Não parece esclarecer nada. Parece quase contrário ao que foi dito anteriormente", uma primeira resposta no Reddit à questão começa.

Armstrong pediu desculpas pela falta de "clareza" contida na publicação original do blog.