Subsidiárias da Seed CX recebem 'Bitlicense' de reguladora de Nova York

Os reguladores financeiros do estado de Nova York emitiram licenças de moeda virtual para duas subsidiárias da empresa de derivativos de criptografia Seed CX: a Seed Digital Commodities Market LLC (SCXM) e a Zero Hash LLC.

Em comunicado publicado em 15 de julho, a Superintendente de Serviços Financeiros, Linda A. Lacewell, anunciou que o Departamento de Serviços Financeiros (Department of Financial Services - DFS) de Nova York havia aprovado as aplicações da SCXM e da Zero Hash para licenças de moeda virtual. A SCXM opera como uma exchange spot para commodities de ativos digitais, enquanto a Zero Hash é uma agente de cálculo e liquidação de ativos digitais.

Com a licença, a SCXM agora será capaz de fornecer um serviço de mecanismo de correspondência para compradores e vendedores de moedas digitais, além de bloquear negociações para instituições financeiras e empresas comerciais. A Zero Hash - que também recebeu uma licença de transmissor de dinheiro - funcionará como o transmissor de dinheiro para a atividade de negociação resultante da SCXM, que é sua exchange afiliada. Lacewell disse:

“A aprovação destas novas licenças pelo Departamento vai fornecer aos clientes institucionais mais escolhas, enquanto protege consumidores e a população através de regras anti-lavagem de dinheiro, de cibsersegurança e outros padrões de conformidade, em um mercado de serviços financeiros globais contínuamente envolvente.”

No começo de julho, a exchange ErisX, de Chicago (EUA), pediu por uma licença para organização de liquidação de derivativos (DCO) para a Comissão de Câmbio, Futuros e Commodities dos EUA. A ErisX está planejando disponibilizar contratos futuros de ativos digitais para negociação em seu mercado de derivativos regulados ainda este ano, a partir da nova DCO.