SEC adverte que endosso de celebridades à ofertas iniciais de meodas pode ser ilegal

A Comissão de Títulos e Câmbio dos EUA (SEC) advertiu que as ofertas iniciais de moedas (ICOs) que forem endossadas por celebridades podem ser ilegais. A comissão alegou que as personalidades que promovem vendas de token podem estar violando as leis "antialiciamento" se não revelarem a compensação que receberam por seus endossos: SEC.

Em uma declaração que foi divulgada pela agência no início de novembro de 2017, a SEC afirmou que as celebridades devem divulgar qualquer compensação que tenham recebido para endossar as vendas de token para evitar violar as leis antialiciamento.

"Celebridades e outros estão usando redes de redes sociais para incentivar o público a comprar ações e outros investimentos. Esses endossos podem ser ilegais se não divulgarem a natureza, a fonte e o montante de qualquer compensação paga, direta ou indiretamente, pela empresa em troca pelo endosso".

Celebridades que promovem ICOs

Várias personalidades bem conhecidas endossaram uma série de diferentes ICOs nos últimos meses. Em setembro de 2017, o campeão invicto de boxe, Floyd Mayweather, promoveu a ICO da start-up de crédito de criptomoeda Centra.

O ator Jamie Foxx, enquanto isso, endossou a venda do token da Cobinhood, que é anunciado como uma casa de câmbio de moeda virtual de taxa zero. A herdeira do hotel e estrela de reality da televisão (TV) Paris Hilton apoiou a ICO de um empreendimento chamado Lydian. Em 2016, Hilton anunciou que estava se aventurando na tecnologia do novo milênio, da comunidade e dos serviços sociais.

Aviso SEC

Em sua advertência, a SEC informou que potenciais investidores não devem basear suas decisões principalmente no endosso de uma celebridade. Afirmou que a promoção da celebridade poderia ser parte de um anúncio pago.

"Os investidores devem notar que os endossos das celebridades podem parecer imparciais, mas podem ser parte de uma promoção paga. As decisões de investimento não devem basear-se apenas em um endosso por um promotor ou outro indivíduo".