Melhorias de escalabilidade mantêm o Bitcoin descentralizado, diz pesquisa da BitMex

A sincronização dos nós de Bitcoin (BTC) seria impossível se não fosse pelas melhorias que foram feitas no software, de acordo com o braço de pesquisa da exchange BitMex.

A BitMex Research mediu os tempos de Initial Block Download (IBD) das versões do software Bitcoin Core de 2012 a 2019 necessários para baixar a blockchain e verificá-la, e compartilhou suas conclusões em um post do blog publicado em 29 de novembro.

A equipe de pesquisa afirma que a versão mais antiga do software Bitcoin Core tornou-se impossível de sincronizar e que as melhorias de escalabilidade feitas no software são essenciais para a operação da rede:

“As versões mais antigas do Bitcoin tentavam superar a coleta no volume de transações que ocorreu no período de 2015 a 2016. Portanto, concluímos que, sem os aprimoramentos do software, uma sincronização inicial hoje poderia ser quase impossível. ”

Bitcoin initial block download time in days — an average of three attempts

Tempo de download do bloco inicial do Bitcoin em dias - uma média de três tentativas. Fonte: BitMex

A equipe também obteve versões do Bitcoin Core anteriores à 0.8.6, mas essas versões não puderam ser sincronizadas no período 2015-2016. A equipe também tentou executar o software antigo em hardware consideravelmente poderoso, mas sem sucesso. Os pesquisadores observaram:

“Tentamos até rodar o Bitcoin Core 0.7.0 em nossa nova máquina local, com 64 GB de RAM e 8 processadores Intel i9; no entanto, o nó ainda não conseguiu superar 2016. [...] As grandes reduções de tempos de IBD e a incapacidade dos nós antigos de sincronizar completamente indicam que, se não fosse por essas melhorias de escalabilidade, o Bitcoin estaria praticamente morto, mesmo se os usuários tivessem o hardware de especificação mais alto disponível. ”

Taxa de melhorias diminuiu

A melhoria mais significativa na velocidade ocorreu após o Bitcoin Core versão 0.12.0, quando os desenvolvedores adotaram uma biblioteca de verificação de assinaturas criada especificamente para o Bitcoin no lugar de uma biblioteca padrão.

Essa versão específica do software do nó também não valida as assinaturas de transações Segregated Witness (SegWit) já que a suporta, o que reduz ainda mais os tempos de sincronização.

Bitcoin initial block download time in days

Tempo de download do bloco inicial do Bitcoin em dias. Fonte BitMex

Curiosamente, até o Bitcoin Core 0.14.0, as melhorias de escalabilidade aparentemente mantiveram o ritmo e mantiveram os tempos de sincronização em um intervalo de tempo relativamente estreito. Após esses lançamentos iniciais, a popularidade da rede Bitcoin e seu tamanho começaram a crescer muito mais rapidamente do que as melhorias de escalabilidade feitas no software, resultando em tempos de sincronização mais longos. A equipe de pesquisa BitMex conclui:

"Os dados também mostram que é improvável que a inovação tecnológica acompanhe o crescente blockchain daqui para frente e que os tempos de IBD aumentarão".

Grande parte do foco no desenvolvimento de Bitcoin foi dedicado à preservação da descentralização, o que também significa manter as especificações de hardware necessárias para executar um nó da rede o mais modesto possível.

Para diminuir os requisitos, os desenvolvedores também mantiveram um limite de peso de bloco de quatro megabytes relativamente baixo (com SegWit) e um tempo de bloqueio relativamente alto de 10 minutos, o que manteve o crescimento do tamanho do blockchain sob controle.

Atualmente, o tamanho da blockchain Bitcoin é de 293,37 GB, com um tamanho médio de bloco de pouco mais de 1 megabyte. Atualmente, também existem mais de 9,5 mil nós alcançáveis em todo o mundo, de acordo com o recurso de monitoramento Bitnodes.

Como o Cointelegraph relatou recentemente, a atualização mais recente do software Bitcoin Core, 0.19.0.1, melhora ainda mais a escalabilidade usando o Bech32, que suporta nativamente as transações do SegWit.