Russia: PM Medevedev vê uma promessa em uma cripto regulamentação internacional

O primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, acha que a regulamentação de criptomoedas não deve ocorrer em apenas um país, mas deve ser uma ação unificada em todos os países da Eurasian Economic Union (EAEU), o jornal local Vedomosti noticiou hoje, 2 de fevereiro.

Em uma conferência intitulada "Agenda Digital na Era da Globalização", realizada hoje em Almaty, no Cazaquistão, Medvedev falou sobre a necessidade de regulamentação a nível internacional, especificamente no que diz respeito à EAEU, que é constituída da Armênia, Bielorrússia, Cazaquistão, Quirguistão e Rússia:

"É impossível introduzir esses princípios [regulamentando a criptomoeda] em apenas um país, nossa abordagem deve estar mais próxima do nível da União".

Em dezembro de 2017, Putin sugeriu que criassem uma nova criptomoeda multinacional a ser adotada em todos os países da EAEU e BRICS, permitindo o uso da Blockchain e contratos inteligentes em todos esses mercados emergentes.

Embora Medvedev tenha falado apenas em relação à EAEU, ele repetiu essa idéia de um modelo de cripto-regulamentação multinacional no que diz respeito aos serviços de pagamento, e não apenas o protocolo Blockchain:

"Em qualquer caso, não devemos limitar-nos apenas a modelos nacionais. Meus colegas disseram aqui que as criptomoedas podem ser usadas para pagamento. Vamos abordar isso com cuidado, porque nossas economias estão tão fortemente e intimamente ligadas".

Em março de 2017, Medvedev pediu ao Ministério das Comunicações e ao Ministério do Crescimento Econômico que iniciasse uma pesquisa nos potenciais usos da Blockchain no governo.

Mais recentemente, no Fórum Gaidar realizado em janeiro, Medvedev criticou as criptomoedas como uma bolha econômica que eventualmente desaparecerá, embora ele tenha dito que a tecnologia Blockchain permanecerá.