Russia: companhia de transporte de carga faz acordo para usar blockchain em logística portuária

A empresa russa de logística de transporte cargas Infotech Baltika irá desenvolver um sistema baseado em blockchain para os portos em que poera, segundo a central de notícias marítimas da Rússia Morvesti, noticiou em 11 de fevereiro.

Para desenvolver essa solução baseada em blockchain batizada de Edge.Port, a empresa firmou parceria com a startup moscovita de blockchain Iconic.

A rede irá permitir armazenar em blockchain toda a documentação necessária aos envolvidos nas atividades portuárias. De acordo com a Morvesti, todos os serviços do porto, incluindo estacionamento de embarcações e aluguel de rebocadores, poderá ser requisitado e rastreado online pelo sistema, sem a necessidade de trâmites burocráticos mais demorados.

A Infotech Baltika disse à publicação que a Edge.Port irá permitirreduzir o tempo de operações portuárias de 4 horas para 25 minutos.

Além disso, o uso de blockchain poderá também diminuir a espera enquanto o navio é descarregado. Como resultado, a capacidade portuária poderá aumentar entre 3 e 5%, segundo a Iconic publicou em sua página do Facebook hoje, 12 de fevereiro.

A Infotech Baltika diz operar em 14 portos ao redor da Rússia e em diversos outros países europeus, como a Itália e o Chipre. Com mais de 3.000 navios operando todo ano, em 2017 a empresa foi nomeada a empresa de carga mais eficiente em São Petersburgo, reconhecida pelo número de bens processados, movimentando mais de 100 milhões de rublos (cerca de US$1.5 bilhão) em bens.

Como publicado pela Cointelegraph anteriormente, o blockchain tem sido implementado em larga escala na indústria marítima, seja por operadores portuários como por companhias logísticas. Um exemplo é a maior companhia de carga de Israel, a Zim, que recentemente abriu sua plataforma de blockchain para todos os clientes de negociações selecionadas, depois de um período de testes de sucesso.

Em agosto de 2018, a IBM e a gigante de transporte e logística dinamarquesa Maersk lançou uma solução de transporte de carga baseada em blockchain. A iniciativa envolve 94 organizações e contou com 154 milhões de embarques na época de lançamento.