O App Robinhood arrecada $363 milhões para expandir sua plataforma de negociação cripto a taxa zero nos EUA

O app de corretagem Robinhood arrecadou $363 milhões em uma rodada de financiamento da série D para expandir sua plataforma de negociação de criptomoeda, "Robinhood Crypto", em todo o país, segundo um comunicado de imprensa da empresa de hoje, 10 de maio.

Como a Fortune relata, o financiamento faz da Robinhood a segunda startup de tecnologia financeira mais valiosa dos EUA, e sua avaliação atual é de $ 5,6 bilhões, mais do que um aumento de quatro vezes em relação ao ano passado.

A DST Global liderou a rodada recente, com novos investidores, incluindo a Sequoia Capital, a Kleiner Perkins, a Iconiq Capital e a Capital G (o braço de VC da empresa-mãe do Google, a Alphabet).

Mais de 4 milhões de usuários abriram contas de corretagem com o serviço, que oferece uma plataforma específica para criptomoeda desde fevereiro, atualmente disponível em 10 estados dos EUA.

Em uma entrevista à Fortune, o co-CEO Baiju Bhatt disse que a empresa planeja oferecer "negociação em 16 criptomoedas diferentes, incluindo Bitcoin, Ethereum, Ripple e Zcash", e oferecer uma "estrutura de custos mais favorável", sem comissões, do que as plataformas existentes.

Bhatt também enfatizou que o Robinhood já é um corretor registrado na Comissão de Valores Mobiliários (Securities and Exchange Commission - SEC), diferente da principal plataforma de trading de cripto. dos Estados Unidos, a Coinbase O último tem atualmente cerca de 20 milhões de usuários e lista apenas quatro criptomoedas, segundo a Fortune.

Apesar das aspirações do Robinhood de superar seu rival existente, ambos logo terão que lidar com grandes investidores institucionais de Wall Street prestes a entrar no mercado de Bitcoin. A gigante do banco de investimento Goldman Sachs anunciou recentemente que abrirá uma mesa cripto "dentro de semanas", e a ICE, a empresa-mãe da Bolsa de Valores de Nova York, agora planeja oferecer contratos de swap Bitcoin (BTC), liquidados em BTC.