Levantamento aponta existência de apenas 0,0018 BTC disponível por pessoa no mundo

Se você ainda não possui Bitcoin, mas tem isso como um objetivo, é melhor se apressar: como o suprimento de BTC é limitado a 21 milhões, o número de Bitcoins disponíveis está "acabando". Segundo levantamento do Cointelegraph, existem hoje menos de 0,0018 bitcoins por pessoa no mundo.

Para chegar a este número foi considerado o total de Bitcoins minerados até o momento (ou seja, todos os BTC em circulação) que são cerca de 17.813.650, menos os BTC considerados "perdidos" - conforme a Chainalysis, são cerca de 3.79 milhões, que não podem ser mais acessados por diversos motivos.

Desta forma, retirando as moedas supostamente "perdidas" o número de BTC em circulação cai para cerca de 14.023.650 - o número é aproximado, pois a mineração acontece 24 horas por dia, o que vai aumentando este valor pouco a pouco, até o limite de 21 milhões.

Convém notar que este número pode ser ainda menor pois o levantamento da Chainalysis não inclui as moedas que supostamente pertencem a David Kleiman, que já foi apontado como o criador do Bitcoin e cujo espólio está em disputa com Craig Wright.

O número de BTC disponível foi comparado com a estimativa populacional da ONU, que é de cerca de 7.7 bilhões de habitantes no mundo. 

Como resultado, o levantamento aponta que há "apenas" cerca de 0,0018212532467532‬ BTC disponível por pessoa, número que pode tende a diminuir ao longo do tempo, pois enquanto cada vez menos Bitcoins são minerados devido ao halving, a população mundial aumenta a cada ano e pode passar de 10 bilhões até 2050, segundo algumas estimativas.

A criptomoeda pode ficar ainda mais escassa com sua popularização, que aumenta a cada dia e faz com que as pessoas comprem quantidades cada vez maior de Bitcoin. Como reportou o Cointelegraph, o mês de junho bateu o recorde de 2019 com relação ao volume de negociação de Bitcoins no Brasil.