Pesquisa: mercado de hardware para mineração de criptos terá crescimento anual de 10% até 2023

O mercado de hardwares para mineração de moedas digitais deverá se expandir até 2023, de acordo com um relatório da empresa de pesquisa de mercado Reportlinker publicado nesta última segunda-feira, 29 de abril.

Pela análise, o número crescente de lançamento de produtos facilitará o crescimento do mercado de hardwares de mineração de criptomoedas a uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de mais de 10% até 2023.

O relatório sugere que um dos principais impulsionadores do crescimento do mercado de hardwares de criptomoedas em todo o mundo é a demanda em alta por hardwares específicos para criptos, como processadores FPGA (field-programmable gate array) e ASICs (application-specific integrated circuits).

O alto custo operacional, que resulta em margens de lucro reduzidas, continua sendo um dos desafios para o crescimento do mercado global de hardwares de mineração de moedas digitais, enquanto o número crescente de startups relacionadas às criptos que encerram suas operações também afetará o crescimento do mercado.

Os preços baixos durante o mercado das criptomoedas em 2018 afetaram os mineradores de criptos e produtores de hardware. Em seu relatório de resultados do terceiro trimestre de 2018, a fabricante de hardware Nvidia anunciou que estava experimentando uma "ressaca cripto" como resultado do excesso de estoques, fruto da diminuição da demanda por unidades de processamento gráfico de mineradores de criptomoedas.

Em fevereiro, o serviço de mineração de criptomoedas Coinhive anunciou seu fechamento, já que o projeto teria se tornado economicamente inviável. A Coinhive  teve que fechar seus serviços em meio a um declínio de 50% na taxa de hash após o último hard fork do Monero. A empresa informou a suspensão de suas operações em 8 de março de 2019, enquanto os painéis dos usuários ficariam acessíveis até 30 de abril de 2019.