'Divulgue a gravação, covarde' - diz Roubini ao CEO da BitMEX após debate

O economista norte-americano e profissional adversário da cripto Nouriel Roubini exigiu furiosamente a divulgação de uma gravação de seu mais recente debate com o CEO e cofundador da BitMEX, Arthur Hayes.

Em um de vários tuítes fulminates, Roubini acusou os organizadores do Asia Blockchain Summit, em Taiwan, de fazer parte de uma “máfia do dinheiro barulhento” e de se dobrarem ante a censura da BitMEX ao escolher não enviar gravações nem divulgar seu debate com Hayes durante o dia 2 de julho no evento. Um tuíte diz:

“Outro golpe de @CryptoHayes: ele não permitiu que a conferência blockchain gravasse nosso debate ou a transmitisse ao vivo. Ele controla a única gravação e soltará apenas "melhores momentos" muito editados. Eu acabei com @CryptoHayes no debate e ele está se escondendo. DIVULGUE A GRAVAÇÃO, COVARDE!

Enquanto a estratpegia de Roubini de bancar o antagonista à cripto é bem conhecida em toda a indústria, o economista parece estar particularmente interessado em trazer essa última briga - chamada “Emaranhado em Taipei” - aos olhos do público.

Hayes - aparentemente mais relaxado sobre o caso - respondeu a Roubini, assegurando-lhe que qualquer divulgação da gravação revelaria sua "fina compreensão da economia e da tecnologia".

De acordo com o repórter do Cointelegraph no local, o Emaranhado em Taipé foi em grande parte um ensaio da visão de Roubini de que a indústria cripto está repleta de golpistas e que sua tecnologia não é segura, descentralizada nem escalável.

Ele também reiterou sua visão de suas deficiências como um sistema de pagamentos e chamou o espaço de inovação como um todo de uma manifestação da “tecnologia da idade da pedra, não uma revolução digital”.

Resta saber se o que Hayes divulgar de melhores momentos do debate vão enfeitar os ouvidos com outra dasreinvidicações de Roubini em Taipé - a de que "não há nada de inteligente nos contratos inteligentes".

Um participante da conferência que afirma "apoiar" o desempenho no debate de Roubini, resumindo-o "a visão autorizada de um homem privilegiado falando pelos desprivilegiados".

Conforme relatado recentemente, a BitMEX registrou volumes recordes em suas operações, com o Bitcoin (BTC) atingindo US$ 13.000 no mês passado. Como a maior fornecedora mundial de derivativos de Bitcoin, a plataforma registrou mais de US$ 1 bilhão de participação no mercado, o que levou Hayes a declarar que o inverno cripto estava definitivamente acabado.

Enquanto isso, Roubini deu novos insights na conferência de Salt, em Nova York, na primavera, afirmando que "a cripto é a mãe e o pai de todas as bolhas".

Em resposta à mais recente discussão em Taipé, um comentarista de rede social pegou um tuíte de Roubini de seis anos atrás - quando o BTC estava na casa dos dois dígitos - dizendo “Nouriel, qual é o % de ganho entre US$ 58 e US$ 10.000?”