Reações da proibição de anúncios de criptomoedas no Facebook

Os usuários do Facebook não serão mais bombardeados por criptomoedas, oferta inicial de moedas e anúncios Bitcoin na plataforma de mídia social.

A empresa instituiu uma proibição total em anúncios de criptomoedas, ICOs ou Bitcoin - citando "produtos e serviços financeiros freqüentemente associados a práticas promocionais falsas ou enganosas".

Infelizmente, os prestadores legítimos de serviços financeiros também serão pintados com o mesmo pincel, o que efetivamente exclui qualquer publicidade de criptomoedas ou produtos relacionados no Facebook.

Os anúncios que faltarem com os cumprimentos impostos serão banidos do Facebook, da plataforma do parceiro Instagram e também da sua plataforma de publicidade Audience Network.

O diretor de tecnologia e publicidade do Facebook, Rob Leathern, disse que a proibição foi "intencionalmente ampla" em um esforço para eliminar a publicidade "falsa e enganosa".

Reações na mídia social

Como de costume, um grande número de posts das mídias sociais até fornece algumas leituras interessantes - com opiniões variadas sobre o último desenvolvimento no mundo das criptomoedas..

O movimento de publicidade do Facebook foi encarado com diferentes graus de ceticismo no Twitter.

O usuário do Twitter, Armin van Bitcoin, escavou sutilmente o fundador do Facebook Mark Zuckerberg, que recentemente fez comentários positivos sobre a tecnologia Blockchain :

"Três semanas atrás: "Estou interessado em aprender mais sobre descentralização e como colocar o poder nas mãos das pessoas". Hoje: "Facebook proíbe anúncios promovendo #bitcoin."#hypocrite #greed https://t.co/mGRi5kJbRx "

Outro usuário simplesmente usou a hashtag #decentralizado quando questionou o porque do Facebook tomar essa atitude:

"#decentralizado 🤔 Eu fico imaginando o porque o Facebook está banindo 👀👀 #crypto criptomoedas #bitcoin #Tether #ocn#ocoin #TRONCOIN #tron trx $trx https://t.co/gfzBqA4Mjc "

Outro usuário apontou o fato de que muitos usuários do Facebook foram enganados por fraudes de ICOs anunciadas na rede social:

"O Facebook proibiu todos os anúncios relacionados às moedas digitais, ico, negociação binária, etc. Muitas pessoas foram enganadas por falsos anúncios de ICO no fb. TON e jio tem sido ótimos exemplos. #cryptocurrencies #cryptocurrencynews #bitcoin #btc #facebooknews #ICO #binaryoptions "

Enquanto isso, Brian Haggerty disse que a decisão do Facebook não teve ligação nenhuma com o Bitcoin, enquanto as notícias inevitavelmente levaram a mais medo, incerteza e dúvida.

"Então, mais #FUD. Todo mundo em pânico, como sempre. O que algumas das manchetes de hoje têm a ver com o #Bitcoin ? Nada. É por isso que a educação é vital nesta nova arena. #BITFINEX #Tether e o #Facebook banindo todo tipo de anúncios de #Criptomoedas e nada para fazer com o Bitcoin."

Omar Bham especulou que o movimento poderia compensar os gostos das maiores receitas de publicidade do Google com o Facebook se recusando a aceitar publicidade em criptomoedas.

"O bom, o mau e o feio. Gostaria de saber se o Google seguirá o exemplo, ou simplesmente vai aproveitar a maior receita de publicidade ... isso certamente afeta todos no setor. #cryptocurrency #facebook #google #bitcoin https://t.co/YDYMsPg5CG

Um usuário disse que a atitude apresentou mais uma oportunidade para as pessoas comprarem Bitcoin à medida que o preço do mercado reagiu ao anúncio.

"O Facebook proíbe anúncios relacionados à criptomoedas. Samsung começa a produzir ASICS. Bitcoin despenca para menos de 10k$. E a mídia continua fornecendo o bom "Bitcoin está quebrando". E eu aqui comprando $BTC para #HODL #Bitcoin #cryptocurrency #fakenews #HODLgang "

O primeiro tuíte é provavelmente o mais revelador, pois destaca um grau de hipocrisia do fundador do Facebook Zuckerberg.

No início de janeiro, Zuckerberg disse que estava interessado em aprofundar e estudar os aspectos positivos e negativos dessas tecnologias e a melhor maneira de usá-las em nossos serviços ".

As fraudes de ICO anunciadas no Facebook podem ter atraído investidores crédulos e é correto parar esses tipos de práticas. Mas uma proibição total também pode punir empresas legítimas que estão fazendo avanços decisivos no desenvolvimento de diferentes aplicativos Blockchain.


Siga-nos no Facebook