O processador de pagamento Stripe encerra suporte para Bitcoin, Altcoins são encorajadas

Stripe, o processador de pagamento móvel avaliado em $9 bilhões, anunciou que está oficialmente congelando sua integração com Bitcoin. Nos próximos três meses, os clientes da Stripe serão encorajados a migrar dos pagamentos do Bitcoin. Após esse tempo, a moeda digital não será mais aceita.

O Stripe fez "muito barulho" em 2015 quando integrou o Bitcoin, permitindo que todos os fornecedores que usavam a plataforma pudessem aceitar os pagamentos do Bitcoin. Muitos viram isso como um sinal de aceitação iminente da moeda como método de pagamento, mas taxas elevadas e confirmações de transações lentas têm bloqueado a rede.

Frustração

Em uma postagem em seu blog, o Stripe observou as grandes esperanças que a empresa teve com o Bitcoin quando integrou pela primeira vez a moeda em sua plataforma:

"Nossa esperança era que o Bitcoin pudesse se tornar um substrato universal e descentralizado para transações on-line e ajudasse nossos clientes a permitir compradores em lugares com menos penetração de cartão de crédito ou casos de uso em que as taxas de cartão de crédito eram proibitivas".

Stripe cita tempos de confirmação bem lentos e taxas elevadas como o motivo do abandono do Bitcoin como método de pagamento:

"Isto, no entanto, levou o Bitcoin a se tornar menos útil para pagamentos. Os tempos de confirmação de transação aumentaram substancialmente; Isso, por sua vez, levou a um aumento na taxa de falha de transações denominadas em moedas fiduciárias. (No momento em que a transação era confirmada, as flutuações no preço do Bitcoin significavam que o valor estava "errado"). Além disso, as taxas aumentaram bastante. Para uma transação regular da moeda, uma taxa de dezenas de dólares é comum, tornando as transações do Bitcoin tão caras quanto as bancárias ".

Bitcoin como um ativo

O Stripe permanece otimista em relação à criptomoedas como um todo, mas a empresa vê o Bitcoin como um recurso maior do que apenas uma rede de pagamento:

"Ao longo do último ano ou dois, como o limites do tamanho de bloco foram atingidos, o Bitcoin evoluiu para se tornar mais adequado para ser mais um ativo do que ser um meio de troca. Dado o sucesso geral que a comunidade Bitcoin conseguiu, é difícil esquivar-se com as decisões que foram tomadas ao longo do caminho. (E estamos certamente felizes em ver qualquer inovação, projetos ambiciosos realizados tão bem.) "

Os comentários da empresa ecoam os de outros no espaço da moeda digital, como Max Keiser, que enxerga o Bitcoin como uma espécie de "Ouro 2.0" em vez de um meio de troca:

"O (token) Dash está emergindo como cripto pagamento, enquanto o Bitcoin se afirma como sendo o Gold 2.0. Eu sugiro àqueles frustrados pelo debate da escalada Bitcoin para abraçar o Dash para pagamentos, e deixar o Bitcoin Core sozinho para continuar trabalhando no Gold 2.0 "

Entre nos altcoins

Enquanto Keizer cita o Dash como uma rede de pagamento mais viável que o Bitcoin, a Stripe cita várias outras moedas como concorrentes:

"OmiseGO é uma proposta ambiciosa e inteligente; mais amplamente, o Ethereum continua a gerar muitos projetos de alto potencial. Podemos adicionar suporte para o Stellar (ao qual nós fornecemos financiamento de sementes) se o uso substancial continuar a crescer. É possível que o Bitcoin Cash, o Litecoin ou outra variante de Bitcoin encontrem uma maneira de alcançar uma popularidade significativa, mantendo os tempos de liquidação e as taxas de transação muito baixas ".

Notavelmente, a empresa não tem planos de integrar nenhuma dessas moedas supostamente "melhores" em sua plataforma.

Reversível

O Stripe permanece aberto para reconsiderar o Bitcoin como método de pagamento no futuro:

"Estamos interessados no que está acontecendo com o Lightning e outras propostas para permitir pagamentos mais rápidos ... O próprio Bitcoin pode tornar-se novamente viável para pagamento no futuro".

Com a lenta aceitação do Segregated Witness (SegWit) e a morte efetiva dos planos para aumentar o tamanho do Bitcoin, todos os olhos se voltam para a rede Lightning para tornar o Bitcoin viável novamente para pagamentos. A Lightning está em desenvolvimento há bastante tempo, e existem várias implementações concorrentes. Entretanto, nenhuma delas é considerada segura ou adequada para uso geral. Com o Stripe, a Steam e outros estão também parando de aceitar os pagamentos em Bitcoin. É claro que se a moeda for considerada uma rede viável para os pagamentos, a Lightning melhorará em breve.


Siga-nos no Facebook