Hack da Parity: Grupo White Hat Drena US$85 Milhões à Medida que Companhia preenche Buracos

O hack de US$ 34 milhões em Ethereum dos clientes da Parity de Gavin Wood continua na quinta-feira em meio a tentativas desesperadas de garantir fundos.

À medida que os relatórios começaram a surgir nas mídias sociais de um comprometimento multimilionário na Parity, uma publicação oficial no blog posteriormente confirmou um "alerta de segurança", cujos efeitos estão em andamento.

https://twitter.com/pierre_rochard/status/887743582395936779

Múltiplos boletins de notícias relataram a perda da Parity ETH, com as últimas estimativas sugerindo que mais de 150 mil moedas (US$ 33.853.000) estão faltando.

Wood, que juntamente com Vitalik Buterin foi um dos cofundadores do Ethereum, disse que ainda estavam sendo feitos esforços para conter qualquer risco futuro.

"Há um esforço em curso da fundação para garantir fundos em outras carteiras para evitar novos comprometimentos, eles farão um anúncio em seu tempo devido", ele escreveu no canal Gitter da Parity citado pela Business Insider hoje.

Os clientes afetados por hackers que exploram uma vulnerabilidade da carteira incluema startup de economia compartilhada P2P Swarm City, que sinalizou ontem a perda de quase 45,000 ETH (10,155,000).

Um grupo de hackers White Hat posteriormente drenou outras carteiras Parity para proteger fundos no valor de 377,105 ETH (US$ 85,108,000).

Inicialmente, pensou-se que o ataque afetou apenas a versão 1.5 do software Wallet da Parity e superior. No entanto, a empresa parece ter retrato a declaração, cruzando a informação em sua postagem de blog original.