Banco Nordea proíbe trabalhadores de possuirem Bitcoin: Uniões da Dinamarca ameaçam ações legais

As finanças e o sindicato dos direitos dos trabalhadores da Dinamarca ameaçaram tomar ações legais contra o principal banco dinamarquês, Nordea, depois da instituição anunciar esta semana que proibirá seus funcionários de possuirem Bitcoin até 28 de Fevereiro.

Falando à estação de rádio local "Danmarks Radio" (DK), o presidente da federação financeira dinamarquesa, Kent Petersen, juntou-se ao consultor da DJØF Union, Niels Mosegaard, para condenar as ações da Nordea, que surgiram nesta segunda-feira.

Nordea é o maior banco da Escandinávia, o que significa que a legislação fará com que 31.500 pessoas se abstenham de qualquer participação em Bitcoin ou qualquer exposição até 28 de Fevereiro.

"Nós consideramos isso uma ofensa legal contra o indivíduo", disse Petersen à DK sobre a possibilidade de contestar a violação dos direitos dos funcionários no tribunal. "Afinal, na Dinamarca ainda existe um certo grau de liberdade para investir se não for um risco para a empresa em que você trabalha".

Ele acrescentou que ações legais seriam consideradas se um membro de qualquer organização fosse demitido como proprietário de Bitcoin após 1 de Março. A maioria dos funcionários da Nordea são membros de qualquer um dos dois sindicatos, de acordo com a The Next Web.

O Nordea havia defendido sua decisão como prevenção da participação dos funcionários na cooperação "criminal" ou "não ética" em um "mercado não regulamentado".

O diretor de mídia, Stine Green Paulsen, concordou ainda com uma conclusão feita pelo Finans.dk de que eles poderiam tecnicamente "compre tantos bitcoins que quiserem" antes do prazo, acrescentando, no entanto, que isso não era "uma recomendação".

Como uma importante área de operação da Nordea, a Dinamarca viu a crescente hostilidade em relação ao Bitcoin aos recentes círculos regulamentadores.

No mês passado, o chefe do Banco Central da Dinamarca alertou os usuários para "ficarem longe" da criptomoeda, chegando a descrevê-lo como "mortal".

Ao mesmo tempo, a aquisição da Bitcoin Suisse de uma grande equipe esportiva dinamarquesa significa que o país agora tem uma "Arena Bitcoin", enquanto seus jogadores podem se tornar os primeiros profissionais de esportes a receber seu salário em BTC.