Novo relatório da SFOX diz que não se deve mais chamar o Ethereum de 'altcoin'

A exchange de criptomoedas institucional San Francisco Open Exchange (SFOX) sugere em seu mais recente relatório de mercado, publicado em 24 de julho, que o Ether (ETH) pode não ser mais uma altcoin.

O ETH tem mais a ver com o BTC do que com outras alts

Em seu post, a SFOX sugeriu que “pode já não ser mais correto classificar o Ethereum como uma 'altcoin'”. A razão pela qual a exchange sugere que o ETH não se enquadra mais na categoria altcoin é que a correlação atual do BTC com o Ether é marcadamente mais alta do que suas correlações com outras altcoins. O autor do post também observa:

“Isso pode apoiar a ideia de que o Ethereum está se tornando uma blockchain que é publicamente reconhecida como um ativo em seus próprios termos, muito parecido com o Bitcoin. Se esta tendência continuar, pode se tornar inapropriado categorizar o Ethereum como uma 'altcoin' em comparação com outros ativos cripto que não sejam o Bitcoin.”

A postagem também contém dados ilustrando a correlação entre os diferentes ativos. Nesta seção, o autor afirma que a correlação do Ether com o BTC nos 30 dias anteriores a 22 de julho é de 0,788.

As correlações relatadas para o Bitcoin de outras altcoins, por outro lado, são: Bitcoin Cash (BCH) 0,638, Litecoin (LTC) 0,577, Bitcoin Satoshi Vision (BSV) 0,619 e Ethereum Classic (ETC) 0,602.

A controvérsia sobre o Libra aumentou a volatilidade do BTC

O post também aponta que a recente controvérsia em torno da criptomoeda Libra, do Facebook, aparentemente aumentou a volatilidade e o domínio do Bitcoin - ao mesmo tempo que caía de preço - no mercado de cripto, apesar da criptomoeda não estar diretamente sob escrutínio.

 

Bitcoin Volatility July 8 - July 22, 2019 | SFOX

Volatilidade do Bitcoin de 8 a 22 de julho de 2019 | SFOX

O autor do post ressalta ainda que o domínio do Bitcoin no mercado de criptomoedas aumentou de aproximadamente 50% em março para entre 65% e 75%, 64,5% no momento desta publicação, de acordo com dados do CoinMarketCap. Yassine Elmandjra, analista de ativos cripto na gestora de investimentos ARK, também observou em um "tuíte" neste sábado que o domínio do Bitcoin sobre seus forks em termos de hashrate é de 97%.

Como o Cointelegraph informou hoje, o banco central chinês divulgou em seu site um infográfico ilustrando o que é Bitcoin, como ele funciona e por que ele é valioso.