Nova parceria permite que os traders TrueUSD façam auditoria dos ativos de apoio da moeda

Uma nova parceria entre a Stablecoin TrueUSD (TUSD) e a firma de contabilidade Armanino supostamente permite que os comerciantes realizem auditorias instantâneas do stable token. A notícia foi anunciada pela TrueUSD em um post no blog em 5 de março.

O painel desenvolvido por Armanino supostamente permite que os operadores monitorem os saldos dos títulos TrueUSD e coloquem fundos. “O Armanino se conecta diretamente a contas de custódia de terceiros com os dólares norte-americanos que garantem os tokens TrueUSD e executa seus próprios nós ETH para garantir o fornecimento preciso de token TUSD”, os detalhes do post.

Rafael Cosman, cofundador e chefe de engenharia e produto da TrustToken, disse que “com a confirmação em tempo real dos recursos fornecidos por uma das principais firmas de contabilidade do mundo, os traders saberão em todos os momentos que seus tokens são apoiados por valores no mundo real."

Stablecoins são moedas criptografadas que são apoiadas por um ativo físico, moeda fiduciária, ou mesmo um algoritmo, e são geralmente mais estáveis ​​em valor do que outros ativos cripto. TrueUSD é apoiado 1:1 com dólares americanos.

O movimento da TrueUSD foi feito com o intuito de trazer mais transparência para as stablecoins, já que tem havido dúvidas de que alguns stablecoins realmente têm reserva suficiente para resgatar todos os tokens com os ativos de apoio, caso haja necessidade.

No ano passado, o stablecoin Tether (USDT), que está atrelado ao dólar norte-americano, caiu sob escrutínio da comunidade de criptomoeda após romper sua conexão com uma empresa de auditoria antes de a auditoria oficial ser divulgada. Sem uma auditoria, não pode ser provado que o Tether de fato tenha reservas suficientes, ou que eles não estejam sendo usados ​​para algo além de fazer o back token do Tether.

Mais tarde, a afirmação contestada de Tether de que sua moeda digital é apoiada pela quantidade apropriada de dólares foi aparentemente confirmada. Uma auditoria foi supostamente conduzida e completada pelo escritório de advocacia Freeh Sporkin & Sullivan LLP (FSS). Enquanto a auditoria supostamente encontrou a quantidade adequada de reservas, a FSS observou em uma declaração:

“A FSS não é uma firma de contabilidade e não realizou a revisão e as confirmações acima usando Princípios Contábeis Geralmente Aceitos. A FSS assumiu, sem investigações adicionais, que o pessoal do banco que forneceu as confirmações estava devidamente autorizado a fornecer tais confirmações, e que as confirmações estavam corretas."

No momento, a capitalização de mercado do TrueUSD é de cerca de US$ 205 milhões, segundo a CoinMarketCap. Atualmente, é a terceira maior stablecoin atrelada ao dólar, atrás do USDT e do USD Coin (USDC), que têm capitalizações de mercado de US$ 2 bilhões e US$ 240 milhões, respectivamente.