Experiente fundo de ouro entra com nova proposta de ETF de Bitcoin junto à SEC

A Kryptoin Investment Advisors, gerenciadora de ativos sediada em Delaware, enviou um pedido para a equivalente  norte-americana da Comissão de Valores Mobiliários (Securities and Exchange Commission - SEC) para lançar um ETF (Fundo Negociado em Bolsa) de Bitcoin (BTC) em 15 de outubro.

Um ETF de Bitcoin na Bolsa de Valores de Nova York

De acordo com o documento da solicitação, publicado pela SEC, a ETF de Bitcoin do Kryptoin Trust deve ser negociado na New York Stock Exchange Arca. Notavelmente, o produto de ETF foi projetado:

"[...] Para dar exposição ao Bitcoin a um preço que reflete o mercado real de Bitcoin, onde os investidores podem comprar e vender Bitcoin, menos as despesas das operações do Trust".

A empresa planeja manter o Bitcoin e avaliar as ações do Trust de acordo com a Taxa de Referência do Bitcoin da Chicago Mercantile Exchange. A criptomoeda será mantida em um custodiante segurado de terceiros não especificado que também é regulamentado pela Lei de Consultores de Investimentos de 1940.

O documento da SEC também detalha que o Trust manterá o Bitcoin "na tentativa de garantir que o preço das ações do Trust reflita o mercado real de Bitcoin".

Contudo, o Trust não comprará ou venderá Bitcoin diretamente, mas o adquirirá por meio de ações chamadas "baskets". O relatório continua:

"Em vez disso, quando vender ou resgatar suas ações, ele o fará em transações 'em espécie' em blocos de 100.000 ações denominadas 'baskets' com o valor do patrimônio líquido do Trust ("NAV"). Somente compradores autorizados podem comprar ou resgatar ações junto ao Trust e o farão entregando Bitcoin ao Trust em troca de compartilhamentos quando comprarem ações.”

Um executivo notável

Outro detalhe notável é que o chefe do produto negociado em bolsa da Kryptoin é Jason Toussaint, ex-diretor do World Gold Council e ex-gerente de ativos da SPDR Gold Shares, um dos maiores ETFs de ouro do mundo.

Enquanto isso, a corrida para lançar o primeiro ETF de Bitcoin regulamentado está se tornando cada vez mais competitiva.

No início deste mês, documentos revelaram que o Wilshire Phoenix Fund atualizou sua própria proposta de ETF de Bitcoin arquivada junto à SEC. Também neste mês, o gerente de ativos Bitwise, juntamente com a NYSE Arca, confirmaram a intenção de refinar sua inscrição para um ETF de Bitcoin após a última rejeição à SEC.