O time da NBA, Sacramento Kings, vai vender itens usados nos jogos usando a blockchain do Ethereum para garantir autenticidade

Embora seu mercado seja pequeno, seu alcance é poderoso. O Sacramento Kings da National Basketball Association (NBA) está de volta e dará início a um leilão ao vivo de equipamentos com um aplicativo baseado em blockchain. 

Em 15 de janeiro, a equipe anunciou sua nova plataforma de leilão ao vivo com a empresa de desenvolvimento de blockchain ConsenSys. A partir desta noite, os fãs podem dar lances ao vivo com equipamentos esportivos no jogo. A plataforma autentica itens de leilão, corrigindo problemas que há muito atormentam os fãs famintos por itens originais.

Como funciona

Os fãs de qualquer lugar podem fazer lances em itens usados em jogos com o novo aplicativo Kings + Golden 1 Center. O primeiro item será uma roupa usada no jogo de 15 de janeiro pelo jogador  do Kings, Buddy Hield. Os rendimentos dos leilões virtuais apoiarão várias instituições de caridade, o primeiro será destinado a ajudar as vítimas do furacão Dorian nas Bahamas.

Sobre a inovação, o diretor de tecnologia da Kings, Ryan Montoya, disse:

"Integramos a tecnologia blockchain em nossos negócios em várias plataformas [...] agora nossos fãs terão a oportunidade de comprar com segurança mercadorias autênticas usadas em tempo real, usando uma solução inovadora baseada em blockchain". 

Uma longa linha de desenvolvimento

O Cointelegraph vem acompanhando o desenvolvimento do Kings no campo das criptomoedas. Em 2014, a franquia começou a aceitar pagamentos com Bitcoin por itens do time. Já em 2018, anunciou uma parceria com uma empresa de mineração para financiar bolsas de estudo. No outono passado, a equipe e uma fabricante de brinquedos virtuais lançaram a produção de  cripto-colecionáveis ​​baseados no Ethereum.

Em 2016, a FastCompany nomeou os Kings como a "Equipe Mais Inovadora do Esporte". 

Itens esportivos de colecionadores não uma indústria de US$ 5,4 bilhões nos EUA. No entanto, o setor carece de padrões para autenticação. Consequentemente, os fãs podem ficar presos a mercadorias falsificadas. A parceria Kings/ConcenSys aproveita o mercado secundário de equipamentos esportivos e o poder da blockchain para envolver os fãs. O arquiteto de produtos da Treum Constantin Kostenko disse:

"Optamos por projetar essa implementação específica com um fã do Kings em mente [...] A tecnologia blockchain Ethereum fornece transparência, autenticidade e proteção contra fraudes para o fã, mas os detalhes técnicos estão ocultos para oferecer uma experiência de usuário familiar."