NASA procura contratar cientista de dados com experiência em criptomoedas e DLT

A Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço (NASA) dos Estados Unidos está procurando contratar um cientista de dados com experiência em criptomoedas e blockchain.

Criptomoeda e blockchain consideradas uma vantagem

De acordo com uma lista de vagas do LinkedIn publicada em 20 de setembro, a NASA procura empregar um cientista de dados para o Laboratório de Propulsão a Jato na Califórnia, cuja função principal é a construção e operação de naves espaciais robóticas planetárias e a realização de missões em órbita terrestre.

Entre o alto número de qualificações exigidas, a NASA listou conhecimento em um ou mais campos relacionados, incluindo big data, aprendizado de máquina, Internet das Coisas, análises, estatísticas e computação em nuvem, entre outros. Em uma linha separada, a agência listou a experiência com tecnologia de criptomoeda e blockchain, afirmando que essa qualificação será considerada uma vantagem.

As qualificações listadas devem ser implementadas pelo cientista de dados ao projetar e implementar um programa para analisar conjuntos de dados complexos e de larga escala usados ​​para pesquisa, modelagem, mineração de dados e análise preditiva na NASA, escreveu a agência.

NASA na blockchain

A principal agência aeroespacial global não é nova na tecnologia blockchain. Em janeiro de 2019, a NASA propôs uma estrutura blockchain de gerenciamento de tráfego aéreo para permitir a comunicação segura, privada e anônima com serviços de tráfego aéreo.

Em abril de 2018, a NASA concedeu uma doação para apoiar o desenvolvimento de uma espaçonave autônoma que poderia implementar a tecnologia blockchain para tomar decisões sem intervenção humana.