Misterioso Milionário do Ethereum Acende novo Debate sobre o Anonimato

Um comerciante de Ethereum se gabou veementemente do conteúdo de sua carteira Ethereum, que continha mais de US$ 283 milhões, alegadamente ganhando US$ 55 milhões em apenas um mês. Isso mandou nervosismo através de reguladores que se preocupam com o efeito de ter esses milionários anônimos.

Em um post do Instagram, o comerciante elogiou a natureza anônima, mas transparente, das moedas digitais antes de mostrar uma imagem de sua carteira e depois explicar o lucro de 413% feito em apenas um mês.

Os perigos de ser desconhecido

Uma das principais características de todas as criptomoedas é a sua natureza anônima, bem como a sua posição descentralizada, mas esses fatores, contrários aos reguladores financeiros e legislativos habituais, estão suscitando novas preocupações.

O Parlamento Europeu está estudando a regulamentação das criptomoedas e as suas preocupações foram mencionadas em um projeto de legislação. A questão do anonimato é ser um problema tanto para aqueles que tentam controlar essa moeda descentralizada, quanto para as próprias moedas.

"A credibilidade das moedas virtuais não aumentará se forem usadas para fins criminosos", diz o projeto. "Neste contexto, o anonimato se tornará mais um obstáculo do que um ativo para moedas virtuais e sua potencial popularidade no futuro".

Bitcoins sujos?

Isso não quer dizer que este comerciante tenha feito seus lucros de maneira nefasta, mas, novamente, isso não significa que ele não o fez. Criptomoedas estão tentando romper com os gargalos que enfrentaram quando surgiram pela primeira vez, como moedas para a dark web e atividades ilegais.

O mais famoso dos dissidentes misteriosos que utilizou o Bitcoin para atividades ilegais foi Ross Ulbricht, ostentando o nome de guerra de Dread Pirate Roberts, que estava por trás da infame Silk Road.

Equilíbrio

Para muitos, o fascínio da moeda digital é a natureza anônima, e sob esse prisma, se ela fosse tiradae e os reguladores conseguissem o seu intento, haveria muita recusa. A privacidade financeira tem faltado em esferas bancárias regulares há algum tempo, já que o sistema centralizado procura reunir todas as informações relevantes vinculadas a transações monetárias.

"Uma de suas características mais importantes é que você não tem identidades vinculadas a isso", disse Spencer Bogart, diretor de pesquisa da empresa venture Blockchain Capital. "Esta privacidade financeira é uma característica importante".

Ransomware

No entanto, não há como negar que as moedas digitais sofrem de uma reputação suja devido a ataques cibernéticos e atos ilegais financiados por coisas como Bitcoin.

Ataques recentes de ransomware paralisaram estruturas civis, como o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido. Este ataque exigiu o pagamento em Bitcoin para a liberação de dados confidenciais e, como não há como rastrear a conta de recebimento, os hackers permaneceram anônimos e mais ricos por isso.