Mais notícias ruins para o Bitcoin chinês, ICO e mercado de criptomoedas

O governo chinês pretende regular ainda mais a economia de criptomoedas, de acordo com relatórios da Yicai, a agência de notícias financeiras chinesa.

O relatório indica que o governo apenas começou a regulamentar as criptomoedas e ICOs, após a proibição das ICOs na segunda-feira.

A notícia da proibição deixou muitas empresas da ICO procurando devolver dinheiro aos investidores para permanecerem em conformidade com o governo. Muitas ICOs foram canceladas, enquanto algumas continuavam impassíveis.

O anúncio citou fontes próximas aos tomadores de decisões financeiras no governo que indicaram que a proibição era apenas a ponta do iceberg proverbial em relação aos regulamentos sobre criptomoedas e seus spin-offs.

Recuo de mercados

Os mercados de criptomoedas responderam às notícias rapidamente, com enormes vendas no Ethereum (15% de queda na semana) e outras moedas ligadas a ICOs. As criptos chinesas também perderam valor, com NEO caindo até 30 por cento em grandes volumes.

Outros países também prometeram aumentar os regulamentos. A Coreia do Sul afirmou recentemente sua intençãoo de regular o setor de criptomoedas e também pode se mover para proibir ICOs. As notícias apenas compõem as questões referentes aos valores e estabilidade da criptomoedas, dada a falta de patrocínio e aprovação do governo.