Extensão do navegador MetaMask retirada da Google Chrome Store por 5 horas, "Não se sabe ao certo" o motivo

MetaMask, uma extensão do navegador para interagir com a rede Ethereum, foi retirado da Google Chrome Web Store, anunciou em um tweet quarta-feira, 25 de julho. O aplicativo já foi listado novamente, a empresa confirmou em um post cinco horas depois.

O MetaMask é um dos aplicativos descentralizados (DApps) mais antigos e amplamente usados na rede Ethereum, servindo como um importante gateway para os usuários da rede.

De acordo com a conta oficial do Twitter da MetaMask, a empresa está "insegura" quanto às razões para a decisão do Google Chrome de remover temporariamente sua extensão da loja:

"PSA: o MetaMask foi retirado da Chrome Web Store. Não sabemos ao certo o motivo e atualizamos todos à medida que recebemos mais informações. Todos os outros navegadores não são afetados”.

A empresa afirmou que os usuários que já têm a extensão instalada em seus navegadores Chrome "não devem ser afetados" no curto prazo, mas novas instalações ficarão indisponíveis por algum tempo.

Enquanto o aplicativo foi excluído, o Augur, um protocolo de previsão baseado no Ethereum, twittou um alerta para os usuários não baixarem a extensão MetaMask que estava realmente presente na loja do Google Chrome, já que era uma aplicação falsa e de phishing.

Augur

Após o reaparecimento do app na loja do Chrome, a MetaMask pediu que seus seguidores fiquem ligados para uma "retrospectiva formal" do evento:

“PSA2: estamos de volta à webstore chrome. Fique ligado para uma retrospectiva formal da equipe.”