McAfee alerta sobre sofisticado hack após rapto de sua conta do Twitter

O especialista em cibersegurança John McAfee advertiu sobre os avanços nos métodos de hackeamento depois que sua conta pessoal do Twitter foi raptada para promover uma série de criptomoedas alternativas na semana passada.

O fundador da empresa de segurança informática McAfee publicava regularmente uma visão geral de altcoins chamada "Coin Of The Day" em sua página no Twitter. Os hackers ganharam acesso à sua conta alterando seu número de telefone para solicitar uma nova senha.

Eles então publicaram uma série de tuítes usando o perfil de McAfee para promover uma série de moedas em 28 de dezembro, como o cypherpunk Jameson Lopp compartilhou no Twitter:

Falando à RT após o incidente, McAfee disse que não tinha controle sobre a situação.

"O que aconteceu é completamente novo para mim. Eles conseguiram hackear a AT&T para mover meu número de telefone para outro aparelho".

A série de tuítes fez o valor das criptomoedas promovidas aumentar de valor - e McAfee acredita que os hackers ganharam muito dinheiro no processo.

"Por que eles fariam isso? Porque eu estava todos os dias soltando uma recomendação sobre novas moedas alternativas, alternativas ao Bitcoin. As pessoas investiriam centenas de dólares nessas moedas. O que o hacker fez foi recomendar seis moedas diferentes dentro de seis minutos e investiu, tenho certeza, muito dinheiro nelas de antemão".

Trabalho interno

O especialista em segurança cibernética especulou que o hack pode ter sido um trabalho interno. Ele sugeriu que um oficial da AT&T tivesse sido subornado para dar acesso aos hackers à sua conta.

McAfee também estimou que os hackers podem ter faturado milhões de dólares, o que compensaria facilmente qualquer suborno necessário para realizar o ataque.

McAfee apenas recuperou acesso a sua conta do Twitter três dias depois. Ele postou uma série de tuítes confirmando que sua conta havia sido comprometida a aproveitou para bater em usuários que haviam ridicularizado a situação.

Urgente: Minha conta foi hackeada. O Twitter foi notificado. O tuíte "moeda do dia" não foi feito por mim. Como todos sabem ... Eu já não estou mais fazendo a moeda do dia!!!!

 

Embora eu seja um especialista em segurança, não tenho controle sobre a segurança do Twitter. Tem pessoas que me odeiam. Eu sou um alvo. Pessoas criam contas fake, capturas de tela falsas, afirmações mentirosas. Eu sou um alvo para hackers que perderam dinheiro e me culpam. Por favor, assumam suas responsabilidades. Apenas adultos por favor.

As casas de câmbio podem ser o próximo alvo

McAfee também advertiu que as casas de câmbio de criptomoeda são os maiores alvos para os cibercriminosos, pois elas detêm milhões de dólares em moeda virtual.

"A maioria das pessoas não mantém suas moedas em sua própria carteira, elas usam carteiras nas casas de câmbio. Agora, se eu fosse um hacker tentando invadir carteiras e ganhar dinheiro, não procuraria em todo o mundo pessoas que possuíssem carteiras. Eu iria a uma casa de câmbio e elas dispõe de bilhões de dólares em criptomoeda".

Refletindo sobre o infame colapso da troca da Mt. Gox, quando 850.000 Bitcoins foram roubados por hackers, McAfee prevê mais do mesmo no futuro.

"Começando com o Mt.Gox alguns anos atrás, quando foram perdidos centenas de milhões de dólares ... Isso continuará acontecendo até que as pessoas e os donos das casas de câmbio entendam que o mundo em que se encontram é muito mais sofisticado em termos de hackeamento do que eles acreditam".

Isso continuará acontecendo até que as pessoas e os donos das casas de câmbio entendam que o mundo em que se encontram é muito mais sofisticado em termos de hackeamento do que eles acreditam". O serviço de mineração Nicehash foi atingido em dezembro, perdendo mais de 4.000 Bitcoin avaliados em US $ 60 milhões no momento.

Esta situação mais uma vez joga luz sobre a importância de os indivíduos se educarem sobre algumas das medidas de segurança que possam usar para proteger seus fundos digitais.


Siga-nos no Facebook