Max Keizer: Fenômeno das altcoin acabou e todo valor fluirá para o Bitcoin

O radialista americano entusiasta de Bitcoin (BTC), Max Keiser, sugeriu que a recuperação do preço da criptomoeda não incluirá as altcoins em uma recente entrevista à CNBC

Keiser disse que com o desenvolvimento do espaço da criptomoeda e a adoção do Segregate Witness (Segwit) e do protocolo Lightning, as pessoas começaram a entender melhor o armazenamento de valor que o bitcoin oferece, assim como a escala que acontecerá fora da cadeia. Isso, segundo Keiser, fará com que os proprietários de criptomoedas transferissem seus fundos de volta para “a cadeia mais segura" que, segundo ele é o bitcoin.

Keiser projetou ainda que as altcoins irão ser cotadas em centavos ou até mesmo serão eliminadas, porque "todo esse dinheiro vai fluir para o bitcoin". Ele argumentou que com o domínio atual do bitcoin 60% - que Keiser supõe poderia ir para 80% -90% -  demonstra que "o fenômeno da altcoin terminou", afirmou.

Recentemente, o veterano trader e autor Peter Brandt previu que o bitcoin continuará a crescer, mas as altcoins não sentirão os benefícios. Brandt disse que, ao contrário do ciclo anterior de alta do mercado em 2017, os ganhos do bitcoin não teriam um efeito semelhante. Ele resumiu: "Os criptomancianos esperam que este movimento aconteça novamente - mas eles podem ficar muito desapontados".

No final de junho, o analista-chefe de mercado da ThinkMarkets, Naeem Aslam, previu que o bitcoin atingirá algo entre US$ 60.000 e US$ 100.000 durante a próxima rodada de alta. Ele argumenta que, ao atingir US$ 20 mil, a discussão passará de estimativas conservadoras sobre a superação da máxima histórica da criptomoeda, para previsões de US$ 50 mil; a partir daí, a quebra de US$ 50.000 elevará a meta de preço para US$ 100.000.