MasterCard está aberta para criptomoedas

A MasterCard é receptiva à ideia de usar as moedas digitais nacionais emitidas por bancos centrais no futuro de acordo com o copresidente da Mastercard da Ásia-Pacífico, informou o Financial Times hoje, 19 de março.

O executivo sênior da MasterCard, Ari Sarker, disse ao Financial Times que "se os governos procurarem criar moeda digital nacional, ficamos muito felizes em olhar para elas de uma forma mais favorável [em comparação com criptomoedas em geral]":

"Enquanto estiver apoiado por um regulador e valor... não é anônimo, está cumprindo todos os requisitos regulamentares, acho que seria de maior interesse para nós explorarmos".

Ajay Banga, CEO da MasterCard, também disse no outono passado que a MasterCard encontraria uma "maneira de entrar no jogo" para as moedas digitais criadas pelo governo, rotulando todas as outras criptomoedas sem o apoio do governo como "lixo".

As moedas emitidas pelo governo foram discutidas em vários países do mundo, mas o fenômeno cripto centralizado ainda não foi realizado pela maioria. O exemplo mais notável de uma cripto de estado emitida com sucesso é o Petro venezuelano que foi lançado recentemente debaixo de uma nuvem de controvérsias.

Sarker também disse que a MasterCard estava executando um programa piloto Bitcoin (BTC) no Japão e Cingapura que permitiria que titulares de BTC poderiam sacar seu dinheiro com um cartão MasterCard, acrescentando que o programa envolve os componentes KYC e AML:

"Nós não estamos operando o comércio de bitcoin através da rede MasterCard [...] [O piloto] é um tiro no escuro, estamos plenamente conscientes do risco de reputação".

O Financial Times observa que tanto a MasterCard quanto a Visa tinham "reclassificado" compras em BTC como "transações em dinheiro", uma mudança com tarifas adicionais para seus clientes cripto.

A Mastercard registrou uma patente para pagamentos instantâneos usando a tecnologia Blockchain em novembro do ano passado e um porta-voz da MasterCard observa que a MasterCard Labs apresentou mais de 30 "patentes relacionadas à tecnologia blockchain e de criptomoeda".

"A MasterCard Labs está trabalhando em uma tecnologia Blockchain que suportará uma ampla gama de casos de uso, incluindo, mas não exclusivo a, pagamentos interbancários [empresa a empresa], acompanhamento das obrigações de financiamento comercial ao longo da cadeia de valor, troca de dados de conheça seu cliente e antilavagem de dinheiro entre partes confiáveis e muito mais".

Sarker também acrescentou que a MasterCard está executando programas piloto em Cingapura e Austrália para o pagamento no sistema de transporte sem contato.

Recentemente, uma onda de bancos compras de cripto com cartões de crédito, incluido o Lloyd’s Banking Group na Grã-Bretanha e J.P. Morgan Chase, Citigroup e Bank of America nos EUA.